Filme: Moonlight (2016)

quinta-feira, fevereiro 16, 2017

 
Três momentos da vida de Chiron, um jovem negro morador de uma comunidade pobre de Miami. Do bullying na infância, passando pela crise de identidade da adolescência e a tentação do universo do crime e das drogas, este é um poético estudo de personagem.
Não deixe qualquer dor que você carregue, comandar o seu futuro.

Moonlight, dirigido e roteirizado pelo americano Barry Jenkins, de Medicine for Melancholy, é baseado na peça In Moonlight Black Boys Look Blue, de Tarell Alvin McCraney, e pelo barulho que fazia nos festivais, já era certo que faria parte de grandes premiações.


O filme é dividido em três partes - ou crônicas - sobre um rapaz negro que mora na periferia, chamado Chiron: Little, Chiron e Black. Na primeira parte/infância, o conhecemos como Little, o estreante fofíssimo Alex Hibbert, que está sendo perseguido por valentões da escola. Ele se esconde numa casa abandonada onde conhece JuanMahershala Ali da série Luke Cage, um traficante que acaba se afeiçoando por ele, e o leva para a casa que divide com sua namorada Teresa, Janelle Monáe de Estrelas Além do Tempo, e lhe oferece comida e um espaço para dormir. 

O jeito calado e retraído de Chiron, deixa Juan curioso e apegado pelo garoto e começam a passar mais tempo juntos. Chiron mora com a mãe, Naomie Harris vista na recente série de filmes do 007, que é viciada e abusiva. Não há paz em casa e nem na escola. Seu único amigo é Kevin, o estreante Jaden Piner, que é o único que não o incomoda como os outros garotos.

Três gerações de Chiron
Na segunda parte/adolescência, Chiron, agora interpretado por Ashton Sanders, ainda lida com a difícil convivência com os colegas de classe. Todo dia ele é intimidado verbalmente e fisicamente. Kevin, agora interpretado por Jharrel Jerome, continua sendo seu único amigo e o dois acabam por descobrir algo mais na amizade. Porém, um evento agressivo na escola, estremece a amizade e a nova ligação entre eles, e acabam se afastando por anos.

Na terceira parte/adulto, Chiron transformou-se em Black, agora interpretado por Trevante Rhodes, e leva a vida semelhante a de Juan, no passado. Envolvido com o tráfico, está longe de sua mãe, e ainda não consegue esquecer as dores do passado, como os bullyings que sofria. Ao receber uma ligação de Kevin, agora interpretado por André Holland da série The Knick, ele se vê confrontado pelas suas escolhas e a chance do perdão e um novo começo.


Moonlight, é o tipo de filme que assisti sem saber o que receberia e claro, fui lindamente, surpreendida. As crônicas de Chiron, me deixaram triste, às vezes sorrindo, com esperança, querendo ajudá-lo e abraçá-lo. Conhecemos Chiron desde sua infância, o que ele sofre, como se sustenta e suas poucas alegrias. O terror que ele vivencia na escola, sendo chacota dos colegas, a traição do melhor amigo e confusão de sentimentos durante a adolescência. Já na fase adulta, há um ponto para se decidir se ele se dá uma nova chance.

O amor é inserido na vida de Chiron de forma delicada e doce. Sua difícil relação com a mãe, talvez não tenha permitido que ele conhecesse o sentimento em algum momento desde que nascera. Primeiro surge quando ele ganha carinho e generosidade do casal Juan e Teresa e da relação com o amigo Kevin. Na adolescência, não havia nada mais poético como se entregar à luz do luar. "Sob a luz da lua, meninos negros parecem azuis", Juan diz pra ele. Mas, vocês sabem que blue, também significa tristeza? Uma boa explicação para o ar melancólico que o protagonista carrega. Como também é poético o fato de duas cenas, vamos dizer importantes, do filme serem na praia, a imensidão e o infinito, como o céu. Uma sob a luz do sol e a outra sob a luz do luar.

As atuações são fantásticas. Fiquei apaixonada pelo garotinho Chiron-Little, assim como fiquei calada com o adolescente Chiron-Chiron e com tudo que o ator transmitia com o olhar e com o homem Chiron-Black, sustentando de forma intensa o que o passado do personagem, fizera com seu futuro. Mahershala Ali, que homão da porra, senti muita falta de Juan na adolescência de Chiron. Naomi Harris, a mãe que te desperta pena e fúria, ao mesmo tempo. Aliás, Mahershala e Janelle Monáe - tão linda cantando tanto que atuando ♥ - também estão em Estrelas Além do Tempo, outro filme que está fazendo bastante barulho nessa temporada de premiações.


Com diálogos fortes, fotografia incrível e uma trilha sonora deliciosa - TEM CAETANO VELOSO -, Moonlight expõe que onde tem crueldade também há uma bela chance de haver humanidade, se você der uma chance. Mesmo que não fale muito...

*Sobre não colocar o 'Sob a Luz do Luar' de subtítulo: ME POUPE

Título Original: Moonlight
Nacionalidade: Americana
Direção: Barry Jenkins
Roteiro: Barry Jenkins e Tarrell Alvin McCraney
Roteiro Adaptado?: Da peça inédita In Moonlight Black Boys Look Blue
Ano: 2016
Censura: 16 anos
Duração: 1h51min
O Que Assistirei?: Drama
Elenco Principal: Mahershala Ali, Alex Hibbert, Janelle Monáe, Naomie Harris, Ashton Sanders, Trevante Rhodes, André Holland, entre outros.
Trilha SonoraIMDB - Album 1
Prêmios/Indicações: Indicado a 8 Oscars (Ganhador Melhor Filme). Clique aqui e confira outras indicações e premiações.

You Might Also Like

17 COMENTÁRIOS

  1. Tem Caetano Veloso na trilha sonora? What? Hahaha
    O filme ganhou uma grande divulgação mesmo, e pelo visto, com razão. A vida conturbada que ele levou desde infância deve ser angustiante de acompanhar, ao mesmo tempo que você torce pra que ele sinta um pouco de felicidade. Assim que possível, vou assistir também!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse é um dos poucos filmes que quero ver que foram para seleção do Oscar, mas é Oscar... logo desanimo UHDKSAUHDUKSAHUK Mas ok, foco. O roteiro parecer ser maravilhoso e a direção de arte então? 10/10. Legal que os atores também fizeram um bom trabalho, nada como uma boa direção entao. Eu vou assistir, só não sei quando :B

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  3. Parece ser dahora!!! Que assistir *---*

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olha o Caetano conquistando o mundo haha! Ainda não tinha ouvido falar nesse filme, fiquei super interessada em ver!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Nana,
    Ai que vergonha de falar que eu não gostei do filme depois de tantos elogios.
    Concordo com bastante coisa que você disse, mas sinto que é um filme para a Academia. Não é algo que eu gostaria de assistir por livre e espontânea vontade, sabe?
    E nem é meu favorito para o Oscar, rs. Meu coração é de La La Land!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana! Tudo bem Eu ainda não assisti, mas olha, pela resenha parece ser um filme incrível! Forte candidato mesmo ao Oscar, espero poder ver em breve!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Olá! Nossa, amei a resenha! Fiquei curiosa com a história, parece ser bem intensa! Vou tentar assistir em breve!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse filme, mas achei o enredo muito interessante. Gostaria de assistir sim.
    Mil beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  9. Gostei da dica Nana. Parece ser um filme profundo e com uma bela lição de vida. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Nana!
    Esse filme havia me deixado curioso, mas não sabia ao certo o que esperar dele, só queria assistir (ainda quero). Agora tudo está mais claro após ler sua resenha e creio que irei gostar. Parece ser um filme profundo e muito triste. Vou ter que preparar meus lencinhos porque é certeza que vou chorar largado.
    Espero não me decepcionar e amar tanto quanto você.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Nana,
    Parece ser um filme muuto bom, mas confesso que a premissa não me cativou tanto.
    Acho que esse eu deixaria passar.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá! Que legal assistir a um filme e não saber que será bom e ao final ser bem surpreendida. tipo de aposta que vale a pena. Se tiver oportunidade eu verei, já que tem resenha e positiva.

    ResponderExcluir
  13. Caramba, amei suas impressões do filme.
    Eu não sou uma cinéfila, por isso desconheço muitos bons filmes, e acabo assistindo os mais populares por assim dizer.
    Mas vc fez com que eu sentisse a emoção do filme antes mesmo de assistir, achei incrível que tenham achado três ótimos atores para interpretar o protagonista nas três fazes da vida e que essas fases não tenham passado voando, como geralmente acontece.

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  14. Olá Nana, tudo bem?
    Não estava dando muito moral pra esse filme, mas como eu estava enganada...rs.
    Que resenha!! Fiquei com muita vontade de assistir, adorei o fato da história ser dividida em três partes e tal...
    Beijos!

    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Hey! :) Eu não assisti ainda à Moonlight (aliás, estou bem atrás na minha listinha para o Oscar), mas parece ser um bom filme, com uma boa história! A sua resenha ficou incrível e adorei saber que tem até música brasileira na trilha sonora!

    Um beijo! ♥
    www.daniquedisse.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi, Nana!

    Que máximo, ainda não conhecia esse filme, mas me deu uma vontade enorme de assisti-lo! Adorei!

    Beijão,
    NATÁLIA | Obcecada Pelos Livros

    ResponderExcluir
  17. Ah, sensível como sou, parece o tipo de filme que me deixará debulhando em lágrimas. Apesar de não curtir dramas, esse parece mesmo ser um bom filme.

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

HELP

Stats

Desde Fevereiro/2011
Nome: Obsession Valley
Host: Blogger.com


Subscribe