teleFilme: Marry Me At Christmas / Uma Coroa de Natal / O Príncipe e Eu #ACABOUOPAPEL

No meio do ano inaugurei essa tag de Telefilmes e especifiquei que a maioria, que seriam comentados, seriam os romances e/ou investigativos da Hallmark Channel. Porém já estava tudo planejando para o especial dos romances natalinos rolar por aqui. Se você anda acompanhando meus stories lá no Instagram - laviednana -, sabe que estou fazendo maratona. Alguns anos que faço, acho bem divertido. Só que a Hallmark anda cada vez mais ambiciosa e aumenta um pouco a quantidade, a cada ano. Esse ano são 36 PRODUÇÕES NATALINAS, incluindo o episódio natalino de When Calls the Heart que eles também consideram como telefilme (na verdade, só servem pra introduzir a temporada nova, rs). Nessa postagem tem dois estilo ~natal na realeza~, mas fiquei bem sad que esse ano, não há nenhum na lista. Se você não viu a primeira postagem, clique aqui.

No meu outro blog, Hallmark Channel Lovers BR, você pode acompanhar informações sobre onde assistir e conhecer outras produções. Clique aqui.
Ah, e vez ou outra, eu faço legendas.

Os telefilmes da Hallmark, no geral, duram uma hora e meia e são produções feitas para família, ou seja, em suma medianas - às vezes surpreendem por isso - e nada de mardadi extrema e sacanagi.   

MARRY ME AT CHRISTMAS (2017)
Credits: Hallmark Channel  
Sinopse: Sócias da loja para noivas Paper Moon Bridal, Maddie e Isabel estão adicionando os últimos toques natalinos à sua loja, apesar do negócio estar indo mal e com risco de fechar. É quando um casal aparece procurando pelo vestido de noiva perfeito e confessa à Maddie que eles pretendem realizar a cerimônia naquela cidade. A noiva pede que Maddie ajude a planejar seu casamento, que será bancado por seu irmão Johnny Blake, famoso por seus filmes de ação. Conforme os dias passam, Maddie e Johnny se aproximam e os sentimentos aflorecem, bem a tempo para o Natal.
Marry Me at Christmas é uma adaptação do livro homônino de Susan Mallery, que faz parte da série Fool's Gold. Ao todo, a série possui 20 livros publicados - ainda com contos e outras histórias natalinas - e esse é do livro 19. Aqui no Brasil quem publica os livros dessa série é a HarperCollins Brasil - esse ainda não foi. A produção foi dirigida por Terry Ingram, ele super trabalha para o canal gente, e roteirizada por Julie Sherman Wolf, que adaptou Avalon High.

Fool's Gold está inundada de decorações natalinas e pronta para os visitantes que a pequena cidade recebe todos os anos. Madeline Krug, Rachel Skarsten da série Batwoman, sócia de uma loja para noivas junto com sua amiga Isabel-falsiane, Crystal Lowe da série de filmes Signed Sealed Delivered, finaliza os últimos detalhes da decoração, sendo otimista de que os negócios logo vão melhorar.

Ginger, Emily Tennant da série Cedar Cove, e seu noivo Oliver, Blair Penner visto na série Flash, estão ansiosos para realizar seu casamento na pitoresca cidade. Ao entrar na loja de Maddie e Isabel, a moça parece estar desesperada, pois ainda não há nada planejado para o grande dia. Ginger pede ajuda de Maddie, que de início nega, pois não trabalha com planejamento de casamentos, mas acaba aceitando quando Isabel menciona que poderia melhorar a situação dos negócios.

 
Maddie e Johnny - Credits: Hallmark Channel 

Maddie e Ginger se tornam grandes amigas, até a chegada do famoso ator Johnny Blake, Trevor Donovan da série 90210, que apesar de querer passar despercebido, agita a cidade. O primeiro encontro deles é meio embaraçoso - ri muito -q - e Maddie logo descobre que Johnny é irmão de Ginger, e que irá financiar todo casamento. Maddie não quer deixá-lo comandar em nada. Ela sabe que trabalhar com ele não será fácil, mas é para salvar a sua amada loja. Com o passar do tempo, eles claro, se apaixonam. Johnny também se apaixona por Fool's Gold, os moradores - tipo de cidade que todo mundo se conhece, delsmedibre - e como o Natal os une. Porém, Maddie ainda precisa acertar contas com o passado antes de aceitar se envolver novamente e confiar.

Primeiro, tenho que dizer que estou chocada com a escolha da atriz - que faz a Maddie - porque ela é SUPER personagem da Susan Mallery. Tem dois livros da Susan, que se eu fosse adaptar, escolheria ela! Entretanto, isso não me ajudou a simpatizar com o filme 100%. Por que? Porque se tem coisa que não suporto - NEM EM LIVRO - é drama de ex chato aparecendo. Já bastava a amiga que quase estragou tudo por causa da ambição. Os filmes têm uma hora e vinte, e a gente quer aproveitar o romance, né? Por outro lado, senti o toque da Susan, nas partes divertidinhas e envolvendo familiares. E adorei a virada no final. Não posso falar muito por causa de spoiler, mas é algo que as protagonistas costumam fazer mais pelo rapaz que ama e aqui, quem fez, foi o rapaz.

Nem preciso dizer que a decoração da cidade é maravilhosa. Há cenas com os christmas carolers (pessoas que se vestem para a época e cantam canções natalinas pela vizinhança) e MUITA NEVE. Hallmark tem dedo de ouro para escolher as locações no Canadá. Ainda vou me mandar pra lá, aguardem.

Título Original: Marry Me at Christmas . Nacionalidade: Americana . Canal: Hallmark Channel. Direção: Terry Ingram . Roteiro: Julie Sherman Wolfe . Roteiro Adaptado: Sim - Marry Me at Christmas de Susan Mallery COMPREAno: 2017 . Duração: 120 min . O Que Assistirei?: Romance . Elenco CompletoClique aqui . TrailerClique Aqui . Trilha Sonora: ? Premiações e Indicações: ?


 UMA COROA DE NATAL / UM NATAL COROADO (2015) 
 
Credits: Hallmark Channel 
Sinopse: Allie, uma funcionária demitida de um hotel pomposo em Nova York, aceita um novo emprego como governanta de uma jovem que faz parte de uma família poderosa na Europa. Depois de relutantemente aceitar, se vê em um castelo e descobre que a menina é a princesa Theodora e que seu pai é Maximillion, o Rei do Winshire. Max informa Allie que a princesa se orgulha de aterrorizar as figuras de autoridade e tem piorado desde a morte de sua mãe. Allie acaba criando um belo vínculo com Theodora e acaba ajudando reatar os laços da problemática princesa com seu pai.

Agora vamos para a realeza de Winshire. Esse filme tem dois títulos nacionais. Eu prefiro Um Natal Coroado porque o outro dá impressão que a moça é véia, né? A produção é dirigida por Alex Zamm, de Natal na Realeza e ele também dirigiu um nesse estilo para Netflix - O Príncipe do Natal, e roteirizada por Neal e Tippi Dobrofsky, que trabalham em várias produções do canal.

Apesar de Allie, Danica McKellar da série Project Mc², aspirar ser uma artista - ela gosta de pintar - as exigências de ser uma camareira em um hotel renomado, não permitem que ela persista esse sonho. Irmã mais velha, teve que cuidar dos irmãos mais novos desde a morte dos pais. Próximo ao Natal, Allie é demitida por uma falha em seu trabalho. Mas ela não sabe, que naquele mesmo dia, havia chamado atenção de um senhor chamado Fergus, Pavel Douglas da série Doctors, ao devolver um objeto que o patrão dele havia esquecido no quarto.

A cara de desprezo da Theodora para a condessa HAHA - Credits: Hallmark Channel 

O patrão de Fergus é nada mais que o Rei Maximillian de Winshire, Rupert Penry-Jones, visto em Persuasão e Black Sails. Fergus, ao descobrir que Allie fora dispensada, a convida para trabalhar como governanta no castelo. Ao chegar, ela descobre que será tutora da Princesa Theodora, a novata Ellie Botterill. A princesa não é uma garota exemplar. Ela gosta de aterrorizar figuras de autoridade desde a morte de sua mãe, a Rainha. Theodora gosta de brincar com minhocas, e as usa para espantar as tutoras, além de pregar peças. Mas Allie é diferente. Ela não desiste, e ambas se tornam grandes amigas.

Com o passar dos dias, o Rei fica fascinado com a maneira que Allie lida com sua filha e como todos no castelo parecem ter simpatizado por ela. Porém, Allie não é da realeza e a Condessa Celia, Alexandra Evans da série Silent Witness, ainda acredita que ambos subirão ao altar. Mas Theodora não está disposta em ver seu Natal arruinado, e nem perder a companhia do pai para a condessa.

credits: tumblr theheartoftv  

Além do dedo de ouro para locações no Canadá, a Hallmark tem um dedo ótimo para escalar elenco infantil. As crianças são adoráveis, talentosas e trazem uma alegria maior para os filmes dessa época. Theodora não é nenhuma santa, é uma bela levada. Mas é difícil não simpatizar com ela e com todas as cenas que ela divide com Allie. Gostei muito da maneira que o muro em volta dela foi caindo aos poucos. Já o pai é um verdadeiro lorde - porque ATORES BRITÂNICOS NÉ - enfim, apesar da condessa encher o saco, foi um casal que torci mesmo, e o maior motivo foi pela felicidade da menina. E fiquei bem surpresa ao descobrir, que depois desse filme, a atriz que faz a princesa não fez mais nenhum trabalho televisivo ou para os cinemas. Ela é muito carismática.  

Nesse não tem muito da decoração fora do castelo. Árvores natalinas que precisam de escada...MEU SONHO! Tem é MUITA NEVE. Há cena de baile, valsa com o Rei... e, claro, as falsianes. É um dos meus filmes queridinhos do canal. Danica é uma das atrizes em alta lá, está sempre na programação. E também apreciei o fato da Hallmark ter feito a divulgação sem foto do casal, apenas da Danica, assim deixando claro que o filme vai além do romance...

Título Original: Crown for Christmas . Nacionalidade: Americana . Canal: Hallmark Channel . Direção: Alex Zamm . Roteiro: Neal & Tippi Dobrofsky . Roteiro Adaptado: Não . Ano: 2015 . Duração: 86 min . O Que Assistirei?: Romance . Elenco CompletoClique aqui . TrailerClique Aqui . Trilha SonoraClique Aqui . Premiações e Indicações: ?


O PRÍNCIPE E EU (2011)
 
Sinopse: A convite de um parente distante de seus sobrinhos, a jovem Jules Daly viaja com as crianças para um castelo na Europa, o cenário perfeito para a moça se encantar por um príncipe
Antes de ser cabeludo e marombado, quando era mais novo, Sam Heughan - de Outlander - também teve seus dias de Hallmark na produção dirigida por Michael Damian, das continuações de Flicka, e que também roteirizou ao lado da esposa Janeen Damian, da continuação de Marley & Eu.

Aqui conhecemos Jules Daly, Katie McGrath da série Supergirl, uma jovem que trabalha num antiquário enquanto seus sobrinhos Maddie, Leilah de Meza da série Stan Lee's Lucky Man, e MiloTravis Turner que será visto na nova série Misfits, aterrorizam as babás em casa. Jules ganhou a guarda deles após a irmã e o cunhado falecerem num acidente. Os dias antes do Natal não parecem nada fáceis para ela: seu carro quebrou e a babá a abandona por não aguentar ser feita de trouxa pelas crianças.

Quando tudo parecia perdido, um estranho chamado Paisley, Miles Richardson visto na série The Crown, aparece em sua porta afirmando que trabalha para o avô das crianças. Jules sabe que o falecido cunhado cortou laços com a família quando decidiu se casar, afinal seu pai pertence à realeza e é um Duque. Paisley é o mordomo, e seu dever é tentar convencer Jules a levar as crianças para pasar o Natal em Castlebury Hall. Para convencer Jules, o mordomo diz que o Duque Edward, Sir Roger Moore aka James Bond #rip, está doente e quer conhecer seus netos antes que seja tarde.

 
A cena deles dançando é uma das melhores do filme ♥ 

Jules aceita e, assim que chega ao castelo, parece não agradar a todos e ainda tem um estranho encontro com o irmão do cunhado, o Príncipe Ashton, Sam Heughan da série Outlander. Ao finalmente conhecer o avô das crianças, Jules nota que ele não parece tããão doente assim. O primeiro jantar é desconfortável para todos, mas logo o Duque e seus netos se conquistam aos poucos. Depois, Jules descobre que o Natal não é comemorado no castelo devido a morte de seu cunhado; não há decoração ou árvore. E é claro, com a aproximação das crianças da família, Jules também se aproxima do príncipe. Mas ele parece ter alguém da realeza no seu destino.Lady Arabella, Charlotte Salt da série The Musketeers, não está disposta a perder.

E essa carinha American Pie do menino Sam Heughan? 

Esse filme meio que nos engana com a divulgação porque, na verdade, o foco dele não é o romance. Na minha opinião, ele é mais sobre a união familiar e perdão, o que não deixa de ser uma bela mensagem natalina, né? Apesar da troca de olhares entre Jules e Ashton, o florescer do romance meio que perde espaço para as crianças e o avô - interpretado pelo Roger Moore, um ator renomado que não ia ser desperdiçado - e quando Ashton resolveu se abrir, me deixou até espantada que fiquei me perguntando: Quando foi? Ha! Talvez seja por isso que o final vai além de outros filmes do canal, mostrando um pós... se assim posso dizer, sem dar spoilers.

O castelo tem um ar meio sombrio, e as decorações acabam por avivá-lo novamente. Tem dança, tem baile, tem casamento invernal, as crianças são adoráveis e os empregados do castelo são bem divertidos.

Uma curiosidade é que a Hallmark chegou a cogitar uma continuação para esse filme, mas teve problemas de ideias com a equipe. Então, parte da ideia que tinham, transformaram em um outro filme chamado Natal na Realeza, com a Lacey Chabert.

Título Original: A Princess for Christmas . Nacionalidade: Americana . Canal: Hallmark Channel . Direção: Michael Damian . Roteiro: Michael & Janeen Damian . Roteiro Adaptado: Não . Ano: 2011 . Duração: 91 min . O Que Assistirei?: Família e Romance . Elenco CompletoClique aqui . TrailerClique Aqui . Trilha Sonora: Clique Aqui  Premiações e Indicações: Clique Aqui

17 COMENTÁRIOS

  1. Oi Nana, eu assisti O príncipe e eu recentemente e adorei, super clichê natalino, mas concordo com vc tem bastante a ver com união familiar e super curti hehehehe

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Tenho pena que aqui em Portugal não passem muito estes filmes, confesso que são o meu gulty pleasure, eu adoro clichés, portanto gosto quando vejo este tipo de filmes, tenho os dois últimos sacados para ver e fiquei curioso com o primeiro.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  3. Oi Nana!
    Filmes natalinos, Hallmark ❤❤❤
    Não vi nenhum desses ainda, obg pelas dicas! Vou procurar primeiro O príncipe e eu, já q n foca só no romance ;)
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Bom dia,
    Tudo bem?
    "O príncipe e eu" eu já assisti, até que gostei visto que não vejo muitos filmes natalinos kkkkk

    Gostei das dicas :)
    Beijos e se cuida
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Nana,
    Eu adoro filmes natalinos, apesar de que faz muito tempo que não assisto um T_T'. Indicações anotadas. Ótimo post <3

    Abraços,
    http://tonylucasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana! Adoro esses clichês de Natal, sempre são simples, mas deixam o coração mais leve. Vou procurar todos para ver. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Gostei das dicas Nana. Os que mais me chamaram a atenção foram Uma Coroa de Natal e O Príncipe e Eu. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  8. Sei bem o quanto você maratonou pelos seus instas hahaha acho que eu não tenho tanto clima natalino em mim pra isso. Gostei de O príncipe e eu, é aquele clichê leve e romântico que faz a gente suspirar fácil né. Dica anotada, quem sabe eu encontre um tempinho pra assistir!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Adoro filmes natalinos, amoo as decorações e o clima do natal.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Nana,
    Adorei o post, adoro ver esses filmes natalinos nessa época do ano, para entrar no clima neh
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  11. Oi Nana, tudo bem?
    Apesar de adorar o Natal, não consigo curtir esses filmes natalinos. :(
    Mas que bom que você tá aproveitando a maratona!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  12. Olá, Nana.
    Eu assisto esses filmes de natal só para ver as decorações na verdade hehe. Amo a neve, as arvores, os pisca-pisca, as casas decoradas hehe. Queria tanto uma nevinha por aqui hehe. Acho que vou assistir só o ultimo porque só tenho netflix hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Oi, Nana! Lembro que quando eu era menor eu costumava assistir muuuuitos filmes de Natal com a minha mãe, até fora de época, mas com o tempo isso foi se perdendo, sabe? Mas esse post me deu muita vontade de voltar com a tradição. Ainda não tinha ouvido falar de nenhum dos filmes, mas gostei principalmente do segundo, parece um amorzinho de filme <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  14. Oi
    filmes de natal, estou com dois na minha lista pra assistir na netflix inclusive esse o príncipe e eu que passou ontem na globo, mas peguei o finalzinho, são sempre amorzinho de se assistir, realmente história com ex voltando não da mais para aturar.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Nana,

    Adoro filmes de Natal, mas confesso que não assisto muito.
    Nem reconheci o Sam Heughan nesse filme :O agora que você falou que eu percebi.
    Adorei ♥
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Nana!

    Você acredita que ainda não assisti nenhum desses? :( Mas gostei bastante das dicas de filmes natalinos! Eu amo essa época e preciso ver mais filmes nesse estilo. hahaha

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  17. Nana que ótimas dicas! Eu tbm faço maratona no Natal (e em Outubro faço com filmes de terror) e desses aí fiquei super curiosa com Um Natal Coroado. Obrigada por um post tão útil, vou anotar vários títulos kkkkk Beijinhos

    ResponderExcluir

Olá, sejam bem vindxs :D
Algumas observações
- Os comentários são moderados, conteúdo odioso ou preconceituoso não será aprovado;
- Comentários que não tenham relação com a postagem e estilo propaganda serão enviados para o spam
- Comentários que desprezam o texto da postagem não serão respondidos