Livro: Um Gosto de Vida - Susan Mallery

Um Gosto de VidaExiste algo mais doce do que o primeiro amor? Não pergunte para Claire Keyes. Aos 28 anos, ela é considerada um prodígio do piano. Porém, em seu currículo amoroso não há um relacionamento sério, tampouco um caso de verdade. Sua carreira de concertista deixou pouco espaço para amigos e parentes. E é por esse motivo que Claire não visita Nicole e Jesse, suas irmãs, nem a tradicional confeitaria da família há anos. Mas agora Nicole está doente e já faz tempo que Jesse desertou. Sem considerar o fato de Claire não saber botar água para fever, ela está determinada a bancar a dona de casa. Criar laços com as duas irmãs está no topo de sua lista... junto com se apaixonar ou, pelo menos, ser seduzida pela primeira vez. Apesar de ser um homem tão atraente quanto sério, pode ser que Wyatt se encaixe nos planos de Claire. Embora não pare de dizer que ambos vêm de mundos diferentes, ele fica mais aceso do que forno de padaria sempre que ela se aproxima. Se continuar assim, talvez Claire dê a ele uma chance... e deixe um gostinho de quero mais.

Tretas de Família...
Claire Keyes não fala com suas irmãs há anos. Desde o enterro do pai, quando tentou retomar o contato, foi avisada que não era bem-vinda. Aos três anos, todos ficaram impressionados com sua habilidade, com o piano. A menina tinha o dom e então, iludidos, os pais resolveram investir. Porém, não contavam que a garota fosse afastada da família. As irmãs pensam que a irmã gostou da fama que obteve, e guardam certa mágoa pelo fato da mãe estar com ela no momento em que faleceu. Isso irritou profundamente sua irmã gêmea, Nicole, que de uma hora pra outra, se viu sozinha com a irmã caçula e os negócios da família. Eram gêmeas, deveriam estar juntas e crescer juntas. Só que já haviam definido o futuro de Claire e era bem longe dos negócios da família, a Confeitaria Keyes, o lugar onde se encontra o melhor bolo de chocolate do mundo.

Atualmente, a Confeitaria Keyes está sob o comando de Nicole Keyes que esqueceu o que é ter um dia de paz. Ela tem motivos o suficiente para viver irritada. Pegou o marido com outra, está prestes a se afastar dos negócios por conta de uma cirurgia e agora, precisa lidar com a presença de Claire. A irmã está de volta á cidade. Após receber um telefonema da irmã caçula - Jesse - requisitando ajuda para Nicole no período de repouso, Claire vê a chance perfeita para restabelecer os laços com a única família que lhe resta: as irmãs. Só que Jesse disse várias mentiras para convencê-la a voltar, inclusive que Nicole a queria por perto. Sendo que a irmã gêmea, não deseja vê-la nem pintada de ouro.

Claire está passando por problemas emocionais e ignorando todos os telefonemas possíveis de sua agente. Ela não consegue mais tocar. Voltar para a cidade natal, parece um bom refúgio; para finais felizes. E por que não um romance? Ao chegar na cidade, sua primeira parada é a Confeitaria, onde ela conhece Wyatt, que deixa claro que sua presença não é bem-vinda, afinal como melhor amigo de Nicole nos últimos anos, ele já ouvira todas histórias possíveis, sobre o quão terrível Claire é. E assim, o primeiro encontro deles não é muito agradável, em vista que Wyatt nutre vários pensamentos negativos sobre a personalidade de Claire e a trata com frieza, pedindo que volte pra casa.

A garota não desiste e se instala na antiga casa, a que cresceu, esperando por Nicole. O primeiro encontro entre as duas não é dos melhores e a convivência parece ser cada dia mais difícil, já que Nicole, não tem papas na língua e ofende a irmã a qualquer oportunidade. A cada momento, a reconciliação parece estar cada vez mais longe e a irritação de Nicole só aumenta. Há momentos bem divertidos durante essa convivência, como o fato de Claire não saber nada sobre os cuidados domésticos, dirigir ou cozinhar. O que já deixa bem claro que ao pisar na Confeitaria Keyes, trará confusão na certa. E imaginem então quando Nicole descobre o crush de Claire por Wyatt, seu único e amado amigo...pois é! Tretas familiares, momentos doces e divertidos - e também quentes - te aguardam na doce história de Claire Keyes.

"- Não opto pelo mais fácil. Nunca optei. Acho que são ossos do ofício."

Todas as três histórias se iniciam com uma receita. Aqui são os Beijos de Coco de Claire. Como sou uma negação na cozinha, nem me arrisco. Ha! Como comentei, Claire é uma negação nos afazeres domésticos então, suas cenas na Confeitaria são sempre uma catástrofe - me identifico - mas não deixam de ser proveitosas, assim conhecemos o ambiente que gera parte da discussão entre as irmãs. Claire é a irmã mais fofa - por assim dizer - enquanto Nicole é a esquentada e Jesse, a rebelde sem causa. Jesse Keyes, a caçula, foi a que menos simpatizei, ainda mais por uns acontecimentos que não posso citar sem dar spoilers, mas sim a menina irrita.

A história de Claire me agradou. Gostei de sua personalidade, como não desistiu da irmã e de como a autora abordou sua inocência. Presa em turnês, durante anos, ela aprendeu poucas coisas no mundo afora, inclusive em relacionamentos. E Wyatt, claro, está aqui pra ensinar e muito bem, mesmo que de vez em quando nos irrite também. Ele é muito cabeça dura. Mas, claro, as cenas entre os dois não deixam de ser cheias de tensão e apaixonantes. E mais apaixonante é a filha dele, Amy. Adorei a amizade dela com Claire, ambas aprendendo uma com a outra. Amy é deficiente auditiva e mantém certa relação com a música, o que a deixa mais próxima de Claire.

A escrita fluída de Susan Mallery, me conquistou logo nas primeiras páginas e não larguei até finalizar. Os livros investigativos meio que tomaram conta da minha vida literária nesses últimos anos, mas nada como um bom romance para despertar aquele sorriso bobo em meio a uma tempestade, com uma mensagem sobre família, perdão e a tensãozinha básica. Na verdade, todos os três livros ressalvam esses tópicos.

"- O canalha veio aqui procurando um ombro pra chorar. E eu disse a ele que o ombro estava reservado para você e o chutei para fora. - Nicole abriu os braços.
Claire foi até a irmã e se permitiu ser abraçada. Nicole a apertava com força, como se jamais fosse soltá-la.
- Vou encontrar alguém para dar uma boa surra nele. - falou Nicole."

Eu queria ler a trilogia há vidas e, tempo atrás, aproveitei que a Harlequin deixou o e-book gratuito na Amazon. Em um único fim de semana, li os três. A Amazon está tornando realidade todas a leituras antigas que eu queria fazer...

Gostei bastante da revisão e a formatação. Acho a capa bem fofa, deve ser o rosa. Lembro que anos atrás eu o chamava de livro do cupcake por causa dela. Uma leitura proveitosa que, talvez refaça futuramente. Apesar que sobre o final, queria algo mais, além da resolução do romance e também sobre como ficou a administração da Confeitaria. E muitas ressalvas para o comportamento do Wyatt em uma certa cena. Sério, migo quem é rica aqui é a Claire, não você. Não vou comentar muito sobre isso, pois é spoiler. Porém, posso dizer que Wyatt é traumatizado com um romance do passado e acaba agindo de má fé com Claire, por causa disso, após uma determinada revelação.

Se você é fã de romances - nesse estilo - e está procurando uma leitura doce, para acalentar a mente, Um Gosto de Vida, pode ser uma ótima pedida.

Mencionei que a Nicole é esquentadinha e tals, mas vocês acreditam que o livro dela foi meu favorito?

*As avaliações com desenho da pimenta indicam que há cenas eróticas no livro.

Autora: Susan Mallery
Título Original: Sweet Talk
Origem: Literatura Americana
Editora: Harlequin
Tradução: Ana Rodrigues
ISBN: 9788539800735
Publicação: 2011
Páginas: 320
Série: Sim - Trilogia Irmãs Keyes
#1: Um Gosto de Vida
#2: Um Gosto de Amor
#3: Um Gosto de Esperança
História do Raoul: Livro 3 da série Fool's Gold
O Que Tem?: Romance, O Cara Gato da Construção, Primeira Vez

15 COMENTÁRIOS

  1. Oi Nana,
    Essa capa é toda fofa né? <3
    Vontade de ler o livro só de olhar para ela, rs.
    E ainda mais sendo um romance? NECESSITO! hahahah
    beeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Nana, tudo bom?
    Protagonista que é uma zero a esquerda na gastronomia? Me identifico e considero pacas desde já. O foda é ter que aguentar desaforo do macho; pelo jeito dá umas mancadas, em? Ai ai, não tenho mais paciência.
    Tô muito na vibe de romances bobinhos, então talvez procure por esse! Adorei a dica.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi! Nunca li nada da autora, mas já me deram, boas recomendações sobre seus livros. Dica anotada.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Não costumo ler livros com cenas eróticas, mas a estória parece ser muito boa, de qualquer forma. Adorei sua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras / SORTEIO de vários kits de livros

    ResponderExcluir
  5. Oi Nana! Como fã de romances eu já fiquei interessada e se vc gostou é pq deve ser bom mesmo. Nada com um bom romance pra dar uma leveza rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Olá, Nana.
    Eu tenho vontade de ler essa trilogia a muito tempo também. E assim que der vou ler. Não vou ler por enquanto porque já fiquei com vontade dessas receitas só de ver você falando aqui. E como não posso comer no momento só vou ficar com vontade hehe. Achei o enredo bem interessante, bem no estilo que gosto de ler. E essas irmãs parecem que vão dar o que falar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Parece-me o tipo de história que ia gostar muito! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  8. Oie
    Faz tempo que eu quero ler os livros desta autora, mas ainda não consegui me organizar. Gostei da premissa.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nana venha conhecer Curitiba e vamos num café legal comer e tirar fotos ♥
    Por falar nisso achei a história do livro legal, e olha a coincidência na história tem uma confeitaria haha, bacana! :D

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amei o enredo, a capa é maravilhosa a sua resenha me deixou com muita vontade de ler esse livro!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/10/cinema-outubro-2017.html

    ResponderExcluir
  11. Ainda não tinha ouvido falar do livro, mas amei a resenha! Já me identifiquei horrores com a Claire, também sou um desastre na cozinha e amo música (no caso, imagino que ela deve amar por causa do piano e tal), mas também já simpatizei com a Nicole, mesmo sendo esquentadinha hahaha com certeza já quero ler!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  12. Não sou de ler esse estilo, mas adorei seus comentários sobre o livro. Primeira vez que vi uma resenha sobre ele na verdade :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, Nana! Tudo bem? Só eu que achei essa capa muito brega e cafona? E você pode me achar louco, mas eu acho que livros com 3 estrelas são ruins rs

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SOCORRO, FOI REALMENTE UM 4 QUE VOCÊ DEU! ACHO QUE ESTOU FICANDO DOIDO E CEGO AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

      Excluir
  14. Olha, eu estou tentando abrir mais meus horizontes literários, então fico louca atrás de indicações de romances que talvez eu possa gostar já que eu nunca leio, mas eu simplesmente não consigo encontrar um que desperte AQUILO dentro de mim, sabe? Não sei se são as capas ou o que é, mas vou continuar tentando!

    Saleta de Leitura
    meu canal: AnaCarolina

    ResponderExcluir

Olá, sejam bem vindxs :D
Algumas observações
- Os comentários são moderados, conteúdo odioso ou preconceituoso não será aprovado;
- Comentários que não tenham relação com a postagem e estilo propaganda serão enviados para o spam
- Comentários que desprezam o texto da postagem não serão respondidos