Livro: A Herdeira - Mariana Ribeiro

Pertencente à alta aristocracia brasileira do século XIX, Maria Luísa é uma mulher à frente do seu tempo. Uma jovem decidida a assumir o controle do seu próprio destino, mas ainda pressionada pelas convenções de sua época. Quando conhece o Tenente Martim Afonso Almeida, inicia uma história de amor em meio a Guerra do Paraguai. Convencionada a se casar com o Duque de Westminster, ela acaba por aceitar o matrimônio após um mal entendido. Mas quando descobre a verdade, acaba dividida entre o dever com a família e os impulsos do coração. A jovem herdeira acaba por ser confrontada com a necessidade de fazer uma escolha decisiva, que mudará não só a sua vida, como também a de todos que a cercam. A partir desta escolha, Maria Luísa inicia um caminho sem volta para o mundo cruel, que até então não conhecia.
A narrativa de A Herdeira inicia em 1864, com uma ainda jovem Maria Luísa se preparando para iniciar a prática da enfermagem na Santa Casa da Misericórdia, no Rio de Janeiro. Ela estudou por algum tempo em Londres, obteve certo conhecimento e anseia por praticar. Mas seu pai, o Marquês de Resende, não está de todo acordo com as decisões da filha. Sua felicidade estaria completa se Maria Luísa aceitasse se casar com um dos primos propostos, e assim honrar o nome da família.

O marquês não é de toda doçura. Um homem que se orgulha de suas posses, nome e se mantém escravagista. Por outro lado, Maria Luísa preserva sua personalidade oposta do pai. Então, não é de se estranhar que ela acabe se apaixonando por um dos pacientes, o Tenente Martim Afonso Almeida. A primeira parte se passa durante Guerra do Paraguai, e Martim não pensa em desistir tão cedo do confronto. Nem mesmo após se recuperar. O tenente é tudo que o marquês abomina, e jamais permitiria que a filha se casasse com um militar cheio dos ideais, inclusive abolicionista.

Após um mal entendido, Maria Luísa se vê obrigada a esquecer seus sentimentos por Martim. O marquês está em festa, pois finalmente poderá casar a filha com um ótimo partido. William, Duque de Westminster, se encanta por Maria Luísa assim que se conhecessem. Porém, mal sabe o quanto será difícil conquistar o amor da jovem, que o trará várias provações durante os anos.

Impulsiva, com sentimentos cada vez mais aflorados pelo tenente, Maria Luísa não mede as consequências de seus atos - e nem o limite da paciência de seu marido -, e acaba exilada do Brasil por algum tempo. Seu destino é a África, onde acaba por se redescobrir. Durante a viagem tentam assassiná-la, gerando o grande mistério deste romance. Sua suspeita é óbvia: o duque, seu marido. Porém, com passar dos anos, o inglês continua negando, e pior: reforça e dá provações de seu amor cada vez mais.

Com a reaproximação do duque e conhecendo melhor a personalidade de seu grande amor, Maria Luísa começa a enxergar as máscaras caindo em sua volta. Decepções de quem ela menos esperava, nos guiando para uma surpreendente escolha em seu final feliz.

" - Pense pelo lado positivo, querida - a mãe recomendou, de maneira incisiva. - O seu pai poderia ter levado adiante a ideia de casá-la com um de seus sobrinhos, os mais ricos fazendeiros do Vale do Paraíba, bem mais velhos do que você e com uma barriga proeminente, feições e modos rudes, além do bigode farto."

Fiquei muito feliz com a oportunidade de ler esse e-book. Dizer para vocês que eu não era boa aluna em História, então sempre fico surpresa ao me ver interessada em romances desse estilo. Hal! A Herdeira foi uma deles, e amei me encontrar presa na escrita de Mariana Ribeiro. Ah sim, estamos falando de um romance histórico, que se diferem dos de época por inserir e focar nos eventos da época em que se passam. Aqui a narrativa inicia durante a Guerra do Paraguai e segue até o fim da Monarquia. E a autora conseguiu fazer isso de forma incrível, tornando a História parte dos personagens e seus atos. E tudo isso nacional, gente!!!

Um dos pontos marcantes é o desenvolvimento da maturidade de Maria Luísa. Ela, que conhecemos ainda jovem, passa por tanta coisa após se envolver com o Tenente Martim, que os anos só testam seus atos. Nenhum dos personagens deste romance são perfeitos, todos acertam e erram. Mas, a protagonista se destaca por escolhas que nos surpreendem, e isso vale para sua escolha final. De fato, meu momento favorito foi sua passagem pela África, quando obteve liderança e o leitor pode explorar ainda mais de sua personalidade. E essa parte da narrativa, nos trás cenas tensas, repletas de mistério e ação. Maria Luísa é uma personagem nutrida de empatia, numa época repleta de preconceitos.

Como mencionado, não há personagens perfeitos. Principalmente os dois rapazes protagonistas, que assistimos suas personalidades transformarem no decorrer da leitura. Em relação a Martim, foi o que me surpreendeu, pelo fato dos fatos históricos ajudarem bastante em sua transformação, caminhando junto com ele no decorrer dos anos. Por outro lado, o duque começa meio irritadiço, mas quando sente o amor escapar de suas mãos decide mudar, se desculpar e tentar salvar seu casamento. Mas, Maria Luísa se mantém fiel aos seus sentimentos pelo tenente.

"É natural que o  homem cometa adultério e mantenha uma concubina, mas se ao contrário, é a mulher quem comete esse crime, trata-se de algo inaceitável qualquer que tenha sido o motivo."

Há reviravoltas até o fim, adicionando a escolha da protagonista. Às vezes amar não é suficiente, principalmente se falta a mesma sintonia, a reciprocidade; apenas um lado se estende, se sacrifica. Carregamos amores pela vida inteira, mas apreciamos ficar aonde nos sentimos felizes. Apreciei sua escolha, pois foi muito perceptível e crível o oscilar de seus dois amores.

Além do crescimento da protagonista, segredos familiares e amores, uma outra parte interessante é seu pai, o marquês. É um homem odioso, mas sua trajetória é interessante. Ainda mais pelo seu final e o destino de seu império.

Ainda a mencionar, apreciei muito o fato de Mariana inserir algumas figuras histórias na narrativa, interagindo de alguma forma com os personagens. Assim como alguns cenários no Rio de Janeiro, que me senti fazendo um passeio no tempo, pelo Centro, com outro olhar de lugares que conheço. Ha! Certamente foi uma experiência maravilhosa de leitura.

"A riqueza se concentra na mão dos brancos e não será o fim da escravidão no Brasil que mudará esse cenário de desigualdade."

A Herdeira é uma ótima dica para os que amam romance do estilo. Um enredo cheio de surpresas, como parte da história do Brasil como cenário. Há foco no romances sim, mas Mariana nos trás ótimos momentos, deixando sua protagonista tomando atitudes, resolvendo negócios e comandando parte de seu futuro. Uma escrita informativa, bem descritiva da época e fluída. É um livro longo sim, mas gostoso de acompanhar, apesar de alguns personagens testarem nossos sentimentos positivos.

A edição do e-book está muito bonita. Adorei a diagramação, dá gosto pegar e-books na Amazon que o autor se preocupa além da escrita. A capa atrativa, adorei o vestido da modelo, e claro, a fonte usada.


Autor: Mariana Ribeiro
Origem: Literatura Brasileira
Editora: Amazon
ISBN: B07GZCQHT8
Publicação: 2018
Páginas: 542
Série: Não
O Que Tem?: Histórico, Monarquia, Guerra do Paraguai

LinksSkoob Compre E-book - Site da Autora
O Canto Cultzíneo agradece a autora Mariana Ribeiro por ceder o exemplar para análise.

Nana Barcellos

17 comentários:

  1. Oi Nana!
    Ahh parece um romance super fofa e a capa ta linda mesmo. O último romance de época que li também foi BR, mas foi bem trágico o final. Ainda nao superei KKK.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oie
    Achei legal ter história do Brasil, se vê pouco em romances de época. Já quero ler.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  3. Nana,sua linda!!! Achei muito crível a sua resenha e bem detalhada também, algo que por si só já é digno de nota. Fico imensamente feliz pelo seu feedback e por saber que apreciou bastante a leitura. Que mesmo o livro sendo longo, fluiu bem para você.
    Muito obrigada pela resenha feita com tanto cuidado e atenção. Fico honrada em tê-la como leitora. ❤
    Um grande beijo!

    Mariana Ribeiro.

    ResponderExcluir
  4. Oiii Nana

    Eu adoro esse periodo do Brasil, acho charmoso e um tempo de tantas mudanças, me sinto super atraída por histórias ambientadas nesse Brasil da monarquia.
    Eu gostei da premissa desse livro também, leio poucos romances, sou super seletiva com os livros desse gênero justamente porque sinto dificuldades em me prender na história, mas esse me interessou desde a premissa. Vou anotar.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. I welcome you cordially in the new year! At the very beginning, I wish you all the best. Health, happiness, love, friendship, joy and fulfillment of dreams. Let this new year be beautiful and let it create unforgettable memories! great entry, very inspiring :) I like it very much!
    you have a wonderful blog, could I ask if you would agree to follow for follow?
    I greet warmly from Poland!
    Ayuna

    ResponderExcluir
  6. E o tanto que fiquei curiosa para explorar esse livro? Ainda não tinha visto nada sobre ele, mas foi impossível ler sua resenha e não coloca-lo na minha lista!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Nana, tudo bem?
    Gosto de romances históricos, mas não me recordo de ter lido nada ambientado no Brasil. Achei a trama criada pela autora interessante e fiquei curiosa para conhecer melhor o trio protagonista. Dica anotada!!


    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nana!

    Adoro romances de época, e esse parece ser maravilhoso. Gostei muito de saber que a personagem amadurece e também surpreende com suas decisões, surpresas essas que agradam o leitor, ainda mais porque é super importante numa leitura simpatizarmos com o protagonista. Vou adicionar nos meus desejados!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Nana!
    Já vi outras resenhas desse livro e todas foram positivas. Eu queria muito ter um pique maior para ler, só que romance de época me saturou um pouco e estou com uma baita dificuldade de voltar ao gênero. Bom, quem sabe esse livro me tira dessa ressaca eterna, né?
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  10. gosto bastante desse tipo de romance historico, mt boa sua indicação

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  11. Oiee minha flor! Não conhecia o livro, mas gostei muito da proposta. Realmente deve ser muito bom ler sobre essa mocinha e como ela evoluiu durante a trama. Eu sempre gosto de contexto histórico nos livros então com certeza iria amar!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  12. Oi Nana! Eu não conhecia o livro e nem a autora, mas eu gosto muito de livros de romances históricos/época, pela resenha será fácil de curtir a leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Parece um romance ótimo. Apesar de eu não ler muito o estilo, anotei a dica :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, Nana.
    Eu era péssima em História. Fiquei de recuperação na matéria duas vezes hehe. Eu gostei muito do livro. Primeiro porque a protagonistas é bem diferente das milhares que vemos por ai. E aquele final? Foi muita coragem da autora hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Acho que esse vai ser o primeiro romance histórico que eu vou ler. Gosto muito de história, então tenho certeza que irei adorar esse livro! Que enredo mais cativante, fiquei curiosa, principalmente na parte abolicionista. Além de que eu tenho certeza que a protagonista é maravilhosa. Adorei a dica.
    Beijos!
    http://our-constellations.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Eu não SUPORTO romances de época, não sei porquê mas seu post me deu uma baita vontade de ler este!

    www.umminutoparaocosmo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. ah eu adoro romances de época <3
    eu ainda não conhecia esse e tu sabe que eu fujo de algo ambientado no brasil pq se eu não gostar vão dizer q eu n apoio a literatura nacional (help).
    mas, gostei bastante da premissa.
    http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br/

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão enviados para o spam.
- Comentários irrelevantes como: estilo copy+cola, desprezando o conteúdo da postagem, 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, não serão respondidos, e dependendo, serão enviados para o spam também.