Livro: The Summer of Sunshine and Margot - Susan Mallery

 
As irmãs Baxter são de uma longa linhagem de mulheres com uma vida amorosa desastrosa. Mas neste verão, Sunshine e Margot mudaram isso com ajuda do destino... Uma coach em etiqueta, Margot ensina seus clientes a se encaixarem. Mas ela nunca enfrentou uma cliente como Bianca, uma estrela de cinema aposentada que ganhou fama - e notoriedade - por meio de escândalos e espantos. Educar Bianca na arte de se comportar como a esposa de um diplomata, requer aulas apropriadas e intensivas, forçando Margot a se mudar para um mosteiro transformado em mansão, que é propriedade do filho intensamente privado de Bianca. Como sua incrível casa, com o exterior pedregoso, Alec mantém um ar secreto que Margot adoraria explorar. Mas ele confiaria o suficiente nela? Enquanto isso, Sunshine sempre foi a irmã mais despojada, abandonando trabalhos para fugir com rapazes que depois a abandonavam. Basta. Ela se recusa a ser como antes. Agora, ela decide finalizar a faculdade, se dedicar ao trabalho de babá, e com certeza não irá estragar tudo se apaixonando pelo cara errado. Especialmente pelo belo pai solteiro de Connor, e seu chefe, Declan.
 
O blog teve a oportunidade de receber a prova desse romance da Mira Books - um selo da Harlequin americana, voltado para romances com um tom mais adulto; maduro - através da plataforma NetGalley. E esse mês é o lançamento do livro lá fora.

Em The Summer of Sunshine and Margot, vamos conhecer as irmãs gêmeas - fraternas - Sunshine e Margot Baxter.

Margot trabalha como coach de etiqueta. A vovó Baxter era uma senhora que sempre prezava postura e bom comportamento. Vivia treinando meninas para participarem de concursos de beleza, inclusive insistia bastante para que Margot participasse. Não era algo que lhe agradava, mas sempre apreciou os ensinamentos rígidos da avó. Agora, Margot é contratada por Bianca, uma senhora que já teve seus dias de glória em Hollywood. Mas as lembranças de sua carreira são todas marcadas por momentos impulsivos e escandalosos. 

Bianca está se relacionando com um importante diplomata. Margot vai ajudá-la como interagir e se comportar durante os eventos. Porém, Alec não acredita que a mãe possa mudar seu jeito impulsivo, que muitas vezes já o fez passar vergonha e raiva. Então Margot acaba por se mudar para a propriedade dele, um antigo e misterioso monastério transformado em lar. Com a aproximação, ela pode observar Bianca e moldá-la perfeitamente. Embora essa aproximação também inclua Alec, que sempre fora um rapaz muito reservado e meio avesso a relacionamentos. Até conhecer Margot.

Quem também está com novidades é sua irmã gêmea Sunshine. Ela sempre quis participar dos concursos de beleza, mas era impedida pela avó. Sempre teve uma beleza estonteante, porém, sua avó sempre implicava com seu corpo. Sunshine acredita que todos só enxergam peitos e bunda ao olharem pra ela. E seu maior desejo é mudar isso. Primeiro decide ingressar em uma faculdade. Chegando aos 30, sabe que será complicado lidar com os olhares dos alunos mais novos. E depois, precisa conciliar com seu trabalho de babá. Que dessa vez, ela não pretende decepcionar ninguém.

A antiga Sunshine costumava largar as crianças ao vento, assim que um homem aparecia lhe oferecendo o mundo, a convidado a fugir para qualquer lugar que fosse. Ela sempre ia, e claro, acabava sozinha. Eles só queriam o seu corpo. Na última vez, Margot a ajudou a superar, e então, ela conseguiu o emprego como babá do adorável Connor. O menino perdeu a mãe recentemente, e já sente um carinho imenso por Sunshine. Eles sempre têm várias ideias para preencherem o dia-a-dia, até cuidam de uma fazenda de formigas. E tentando se ajustar e ser mais responsável, a última coisa que Sunshine deseja é se apaixonar pelo cara errado. Mas, quem disse que seria fácil resistir a Declan - pai de Connor -, que está sempre disposto a ouvi-la e a enxerga muito além do que ela pensa?

As duas irmãs ainda nos presenteiam com divertidos encontros durante a narrativa. Torcendo pela felicidade uma da outra, rendem diálogos carismáticos e nos transmitem ótimas sensações. Aquela vontade de ter uma irmã, sabem? E ambas estão enroladas com os sentimentos que estão florescendo durante o verão e precisam lidar com os caminhos dessa mudança em suas vidas.

"Eu acredito que a maioria das pessoas são quem elas são. Pedir que Bianca seja sóbria, educada e discreta, é a mesma coisa que pedir ao sol que brilhe menos. Ambicioso, mas improvável."

Esse é o tipo de romance que nos deixa com sensações sonhadoras ao finalizar. Deve ser o fato de narrativas envolvendo babás serem tão amorosas, né? Susan Mallery nos apresenta duas irmãs tentando superar erros passados, principalmente a questão envolvendo seus relacionamentos amorosos. Elas acham que são amaldiçoadas, pois sua avó e a mãe nunca tiveram boas histórias no quesito amor. A mãe, por exemplo, as abandonou. A autora mantém a ótima forma em sua escrita, com a bela união familiar - mesmo com certas desavenças - e momentos divertidos que tornam sua narrativa descomplicada.

Pode parecer que Margot seja a mais centrada das duas e tenha sua vida organizada. Porém, há um problema com um relacionamento passado que sempre a estressa. Ela está tentando se afastar de um ex, que ela sabe que está atrás de uma enésima chance. Então aparece Alec, todo inteligente e com uma dose de humor perfeita pra ela. Os dois passam horas conversando sobre a história do monastério e documentos antigos. Alec até apresenta a ela sua coleção de netsukes - embora isso saia de um jeito bem atrapalhado. Ele a escuta e se preocupa com suas necessidades, mas morre de medo de se expor e acabar sendo como a mãe.

Sunshine é a irmã mais emotiva. Os momentos dela com Connor são regados de alegria e amor. Suas conversas com Declan sempre acabam com desabafos, e as vezes, lágrimas. Ele é muito paciente e a escuta de coração aberto. Dá conselhos e dá dicas pra ela se sair bem nas aulas da faculdade. Porém, fica cada vez mais difícil esconder seus sentimentos por ela. Seus pensamentos entregam toda atração que sente. Vamos dizer que é o casal jogo duro desse romance. Sunshine sustenta muitas paranoias. É do tipo que esquece de viver o presente. Um momento fiquei meio irritada, pois ela tem praticamente trinta anos e fica se torturando por algo que os dois - ela e Declan - queriam fazer, e fizeram de bom agrado e felizes.

"Tenho certeza que todo mundo tem alguém no passado que gostaria de evitar."

Dos poucos romances que li de Susan, notei que é uma autora que gosta de exaltar a autoestima feminina. Às vezes, seu lado negativo, que é o caso de Sunshine. É uma personagem que acredita e muito que só é vista pelo corpo. Enquanto Margot já é mais sossegada em relação a isso. Sua preocupação é com a submissão ao ex, mas que vai se esclarecendo conforme se conecta ainda mais com Alec. As duas se dão muito bem, apesar dos gostos bem diferentes.

Minha implicância se deve ao fato de Sunshine ser uma personagem muito chorona. Como mencionado, chegou a me irritar algumas vezes. Tá certo que ela passou por várias tretas em relacionamentos. Mas ela estava ali, com um trabalho e alguém a escutando... se dando bem na faculdade. Gostaria que tivesse amenizado esse clima mais emotivo antes das suas resoluções finais, e aproveitar um lado mais feliz dela.

Acredito que The Summer of Sunshine and Margot seja volume único, embora isso me deixe desapontada. Finalizei esse romance achando que merece uma continuação, de tanto que curti a química entre os casais e as irmãs. Minha linha favorita foi a construção do relacionamento de Margot e Alec, gostei de acompanhar mais a narrativa deles, simplesmente porque Bianca acrescenta demais em tudo. Ela é divertida, sincera, inconveniente... me diverti bastante com ela. Queria vê-la como vovó, por isso quero continuação.

"Eu tinha nove anos, ela estava convencida de que o diabo vivia em mim. Ela dizia que só o diabo faria uma criança tão bela."

Edição lida em e-book, mas não era a final. Eu amei essa capa desde a primeira vez que a vi, amo fontes em handwriting, adoro que esteja na moda. Ha! E é um cenário onde eu gostaria de estar. Mantém uma linguagem com referências modernas, embora a autora não abuse tanto. Dizer que eu até estranhei, por causa da Bianca, então a gente meio que espera que o assunto cinema saia na frente. Mas não.

E ah, no livro há alguns momentos eróticos descritos, mas não tomam todo romance. Porém, vou sinalizar com a avaliação da pimenta, pois não há só a descrição do ato em si, mas bastante dos pensamentos dessa galera. Margot e Alec então...

Autora: Susan Mallery
Título Original: The Summer of Sunshine and Margot
Origem: Literatura Americana
Editora: Harlequin Books
ISBN: 9781335659972
Publicação: 2019
Páginas: 386
Série: Não
O Que Tem?: Irmãs, Mãe doida, Fazenda de Formigas


LinksSkoob - Compre Físico - Compre E-book - No Site da Editora - Site da Autora
O Canto Cultzíneo agradece a Harlequin (MIRA BOOKS) por ceder o exemplar para análise.

Nana Barcellos

18 comentários:

  1. Amei a resenha, já quero ler :)

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Nana.
    Achei o título do livro meio grande e sou dessas que tem preconceito com títulos enormes hehe. Eu li um livro da autora que gostei bastante e se esse vier para cá vou querer ler. Mesmo já ficando com um pé atrás com a Sunshine hehe

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Não gosto muito de histórias mais hot, por isso dispenso. Que bom que no geral você gostou bastante da história.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser meio machista na parte que falam que os homens queriam seu corpo e parece ser bem picante também, bom eu não conhecia, mas de qualquer forma eu gostei muito da resenha deu para ter uma ótima noção do livro.

    www.descrevendonuvens.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os caras iludiam ela só pra transar e faziam ela largar o que tava fazendo pra fugir com eles. Dai ela decidiu dar um basta em relacionamentos e focar nela, arrumando trabalho e voltando pra faculdade. Só que ela tem muitos problemas emocionais em relação a isso, o que a faz pensar que só atrai quem se interessa pelo corpo dela.

      Excluir
  5. Oi Nana,
    Te acho tão chique com essas indicações em inglês do Netgalley. Eu fiz cadastro mas nem comecei a usar, porque tenho um sério problema com leitura em outra lingua, rs.
    Porém, deixando isso de lado, eu falo que leria a obra com certeza, porque eu já tive contato com a escrita da Susan e gostei muito! *-*
    E quem sabe não tem continuação? As vezes, a autora se empolga, rs.
    beeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana! Li um livro da autora ano passado e favoritei, pelo visto este novo tem o mesmo clima que tanto me encantou no outro. Lendo sua resenha eu me apeguei mais ao núcleo Margot e Alec, mas ainda assim queria saber tudo sobre as duas irmãs.
    Boa semana!!! Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi Nana, tudo bem? Saudades ♥
    O livro parece bem legal, apesar de eu não costumar ler hots contemporâneos.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  8. Oi Nana,

    Nunca li nada da autora, mas fiquei curiosa pelo enredo da história e acho que ficaria mais empolgada com a história da Margot do que da Sunshine.
    Espero que lancem por aqui.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  9. Oi, Nana

    A capa é realmente fofa, também amo fontes cursivas, dão todo um charme e esse é um tipo de história que merece uma fofurinha.
    Eu não conhecia a autora e até curti a proposta apesar do gênero não ser lá um dos meus favoritos. Confesso que ri aqui do nome da Sunshine! Hahahah
    o livro tem toda a cara de se encaixar nos Romances de Hoje da Arqueiro... quem sabe não publicam por aqui?!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  10. Ameeeeei demais já quero lê!! sou nova por aqui já ganhou mais uma seguidora bjssss

    www.segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Amei sua resenha e sua indicação, ainda não conhecia a história, confesso que histórias mais quentes não é meu gênero favorito, mas essa parece ser muito boa!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  12. Me parece que a Sunshine é uma verdadeira protagonista de novela Mexicana, só chora e lamenta o tempo todo, haha. Gostei da premissa desse livro, futuramente pretendo lê-lo.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥ | Instagram - Vem interagir no Insta tbm!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Nanaaaaa!
    Nem conheço, mas já amei.
    Deve ser aquele livro que deixa o nosso coração quentinho, né?
    Já estou querendo muito essa lindeza.
    Espero que publiquem logo.
    De cara achei que o enredo da Margot parece mais interessante, melhor ainda você falando sobre a Bianca ser muito divertida.

    Beijoooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Nana, tudo bem? Eu adoro a narrativa da Susan e mesmo coma questão da Sunshine chorona eu pretendo ler rsrsrsrs acho que vou gostar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  15. Oi Nana, td bem?
    Parece ser bem divertido, fiquei com vontade de conferir lendo a sua resenha!
    Esses enredos com babás são sempre muito fofos msm, rs
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
  16. Oi Nana!
    Qe legal ter recebido a prova do livro (ui! caliente!) e mais que isso, que legal que a história do livro não chega a ser superficial ( Sunshine quer mais do que isso! ) e pareceu bem dvertido
    acho que embarcaria na leitura, super! :D
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão enviados para o spam.
- Comentários irrelevantes como: estilo copy+cola, desprezando o conteúdo da postagem, 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, não serão respondidos, e dependendo, serão enviados para o spam também.