Livro: Onde Mora o Coração - Jill Shalvis

Em meio a amigos e filhotinhos de seu pet shop, Willa Davis leva uma vida de enorme realização profissional. Mas falta algo: a seção de sua vida “relacionamentos amorosos” anda paralisada. E nada parece estar a caminho para mudar esse destino. Keane também anda desiludido depois de muitos desencontros. Mas após receber a tarefa de cuidar da temperamental gata de sua tia-avó, ele procura uma especialista no assunto, e o destino joga suas cartas. Ele não faz a mínima ideia de quem seja a proprietária da loja de animais, mas Willa sabe exatamente quem ele é… Alguém que no passado já partiu seu coração. E nada é fácil quando se trata de duas pessoas que se fecharam para o amor. Os amigos entram em ação. Mas tão diferentes? Tão improváveis? Será que Keane mudou? Será que Willa é capaz de perdoar? Esta é uma história divertida sobre quais escolhas valem a pena e sobre como podemos evitar o olhar viciado que sabota as oportunidades... e, também, sobre aceitar a sorte quando ela aparece.

Sim, cá estou postando resenha de romance de novo.
Logo trago esse blog para o lado dark da força. Ha!

Onde Mora o Coração é o segundo livro da série Heartbreaker Bay. Ao todo são oito livros, com alguns contos pelo meio, e todas histórias se situam em São Francisco. O que liga todas elas é a velha fonte instalada no meio da pequena cidade, atraindo os mais sonhadores, afim de realizar seus adoráveis desejos. Pode lê-los separados, em vista que cada um é protagonizado por um casal diferente.

Esse romance tem a minha cara: romance natalino + doguinhos.
Willa Davis é uma adorável ruivinha que administra um pet shop e é completamente apaixonada pelo que faz. Ela até organiza casamentos caninos. Com a época natalina se aproximando, ela decide investir e muito na decoração local. É uma personagem que sempre pensa em ajudar o próximo, se preocupando com todas suas histórias de vida. Como cresceu sem um lar fixo, e cheia de problemas com a mãe, ela enxerga em seu grupo de amigos a grande família que nunca teve.

Porém, esse coraçãozinho cheio de puros sentimentos também esconde uma grande mágoa do passado. Willa nunca se esquecera do dia que fora feita de trouxa por Keane Winters. Ele era o típico atleta popular na época escolar, enquanto a jovem nutria certo amor platônico. Tomada de coragem, resolveu convidá-lo para ser seu par na noite do baile de formatura. Pensando em se tratar de mais uma de suas "fãs", Keane nem chegou a olhá-la e apenas disse sim. Mas nunca apareceu, e Willa, jamais esqueceria aquela vergonha.

Agora, Keane precisa de uma alma mágica para cuidar da gata maluca de sua tia. A senhora abandonou a felina em sua porta sem nenhuma explicação. Petúnia gosta de bancar a rebelde com ele, estragando seus sapatos dentre outras peraltices. Keane sabe o quanto fora um adolescente escroto e se lamenta por seu comportamento no passado. Fez seu nome no ramo imobiliário, mostrando aos pais que era capaz de cuidar de si e ter uma vida financeira. Isso lhe deu muita maturidade, afim de repensar suas ações. Apesar, que há alguns conflitos familiares que desenrolam com sua família nada calorosa.

Willa e Keane se reencontram quando ele - desesperado - decide deixar Petúnia no pet shop, já que tem de se dedicar a mais um dia de trabalho. Somente Willa o reconhece, o tratando com todo desprezo possível, deixando o rapaz bastante intrigado. Não demora, Keane se vê cada vez mais atraído por aquela adorável figura enquanto Willa tenta ocultar qualquer tipo de sentimento fogoso que possa entregá-la àquela atração. Suas amigas não pensam o mesmo e, a qualquer oportunidade, soltam comentários inconvenientes.

Mesmo não sabendo o que se passa na mente da jovem, Keane decide investir naquele estranho sentimento por ela. O grande problema é que ele não é o tipo de cara que se vê fixo a qualquer coisa ou lugar ou alguém. Willa é aquela que joga moedas na fonte, pedindo pela chegada de um grande amor, mas não deseja facilitar. Contudo, quem disse que Keane é resistível?

"- Tem medo de que eu mude de ideia? - Willa perguntou, com ar descontraído.
- Tenho mais medo de que você cumpra sua ameaça e decida acertar as minhas partes"

Fofurice, com certa dose de pimenta, define esse romance. Não só pela participação dos animais, mas também por todo clima natalino. Me senti assistindo aqueles filmes da Hallmark que comento por aqui, tirando as cenas eróticas. Ha! Não se preocupe, elas não tomam todo capítulo como muitos aí, já que a autora prefere investir na construção do casal, o cenário, lições natalinas e o conflito entre eles. É a primeira publicação da autora Jill Shalvis pela Faro Editorial, mas não a primeira em solo brasileiro. Há publicações antigas da autora no formato romance de banca.

Creio que o grande problema entre Willa e Keane seja a falta de comunicação, o que pode irritar alguns leitores. Um se tornou desapegado pela forma de trato da família, enquanto o outro adora se apegar as pessoas exatamente pela mesma questão. Willa tem esse olhar, de que as pessoas podem estar passando pelas mesmas faltas que ela, então está sempre disposta a dar oportunidades. Um exemplo é uma de suas amigas, e colega de trabalho, Rory. Ela acolheu a menina, que costumava se meter em várias confusões e com uma problemática vida, lhe deu emprego e um teto. Então, o casal está sempre em conflito de ideias, em relação ao que o outro quer de verdade.

É típico desses romances natalinos querer expressar um lado mais moralista, porém Jill Shalvis vai além, nos presenteia com momentos super divertidos em sua narrativa. Simpatizei bastante com a construção de Willa. Ela é bem humorada e sem filtros. Dai junta com as amigas doidas dela, que estão sempre deixando a coitada em situações vergonhosas. E Keane sempre aproveita essas mancadas para implicar com ela. Achei engraçado que uma das amigas dela se chama Pru - e é a protagonista do primeiro volume - só fiquei pensando em pombo.

" - Malfeito feito? - Keane perguntou esperançoso quando ela saiu do quarto, como se ela fosse uma espécia de granada humana.
- Malfeito feito - Willa garantiu, e esperava que fosse verdade."

Há várias participações caninas por aqui, mas quem rouba a cena mesmo é a gatinha Petúnia. Sua desobediência e rebeldia miram especificamente em Keane. Com Willa, se transforma e se torna a criatura mais doce. A relação de Keane com a tia é interessante. Eles nunca foram tão conectados, então há um motivo por trás dessa insistência dela, por conectá-lo a gata. A senhora é meio rabugenta, cheia de reclamações sobre os parentes, então rende divertidas cenas com ele.

A trama ainda reserva espaço para um conflito final envolvendo Rory, já que ela é a protagonista do próximo volume-conto. É um romance bem populoso, e no meu caso adoro. Há várias figuras na vida de Willa, assim como há na vida de Keane. Gosto, pois odeio romances que soam como "só existem os protagonistas e tudo gira em torno deles". Embora, algumas personagens tenham me soado similares. Talvez nos volumes delas seja diferente, né?

Onde Mora o Coração é uma adorável pedida para intercalar com aquelas leituras mais pesadas. A trama, que se passa dias antes do Natal, é predominada pelos bons sentimentos que florescem na época. Com ajudinha dos bichinhos, despertará seu lado mais doce, além de te divertir. Jill Shalvis mantém uma narrativa ágil, que ajuda seu enredo fluir e entreter. Um enredo repleto de referências atuais, principalmente em questão tecnológica. Muita coisa que nem eu uso. O final só brinda à toda ideia do ar natalino.

"Ele não sabia como, também não sabia quando, mas os muros que erguera em torno do seu coração haviam desabado. Ele finalmente tinha sido conquistado. E conquistado para valer."

Gostei da edição, acho que é algo dos romances da Faro mesmo, os capítulos em forma de hashtag. Acho divertido. Há ornamentais no início de cada, deixando a diagramação atrativa. A capa traz modelos que batem com os protagonistas, pelo menos do meu ponto de vista, e título em relevo. Adorei as cores usadas. A revisão também está boa, não me bateu erros gritantes. Um outro ponto divertido, são os "diálogos" da gata.

*Adaptações:

The Trouble with Mistletoe (2017) | Direção de Ashley Avis e roteiro de Joany Kane
. Produção exclusiva do streaming Passionflix, direcionado apenas para adaptações de romances neste estilo;
. Engraçado que eu ia trazer a review no especial de Natal do ano passado - sabotado pelo calor de 50 graus daqui do Rio - nem imaginava que a Faro fosse lançar o livro. Nesse ano, ele estará!
. Protagonizado por Rachel Melvin e Thomas Beaudoin (já comentei um romance dele para Hallmark aqui no blog, o Paixão Radical) (clique aqui) | Trailer

****
Autora: Jill Shalvis
Título Original: The Trouble with Mistletoe
Origem: Literatura Americana
Editora: Faro Editorial
Tradução: Fábio Alberti
ISBN: 9788595810761
Publicação: 2019
Páginas: 304
Série: Sim - Heartbreaker Bay
#1: Sweet Little Lies
#2: Onde Mora o Coração
#2.5: One Snowy Night
#3: Accidentally on Purpose
#4: Chasing Christmas Eve
#4.5: Holiday Wishes
#5: About That Kiss | #6: Hot Winter Nights | #6.5: Just Say When
#7: Playing for Keeps | #8: Wrapped in You | #8.5: Twist of Fate
O Que Tem?: Natal, Pets, Romance, Amizade

LinksSkoob Compre Físico - No Site da Editora - Site da Autora
O Canto Cultzíneo agradece à Faro Editorial por ceder o exemplar para análise.

12 COMENTÁRIOS

  1. Adorei, faz muito tempo não vejo umas inspirações de livros tão legais . Já quero lerrrrr. Visita meu blog, voltei hoje um beijooo.

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Nana!
    Nem sabia q fazia parte de uma série!
    Parece ser bem fofo, vou anotar a dica pra ler na época do Natal! Tbm adoro dogs, hahah
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Nana! Achei esse livro fofo e tomara que a Faro traga mais obras da autora. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Oi Nana,
    Eu ainda não li o livro, mas já me apaixonei!
    Como você, gosto de livros natalinos e os doguinhos são um caso a parte também.
    Comprei meu primeiro romance da Faro, o 'Melhor que a Encomenda' e estou ansiosa, porque já sei que eles são ótimos com os suspenses.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oiii Nana

    Todas as resneha sque leio desse livro são só elogios. A premissa transmite mesmo a promessa de uma trama cheia de fofurice e achei bacana ter até um conflito no finalzinho, pra prender o leitor.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, Nana.
    Eu não solicitei esse livro porque achei a capa meio sem graça e porque sou dessas que gosta de ler séries na ordem. Mas depois comecei a ler as resenhas e fiquei bastante interessada nele. Por isso ele seria um dos meus pedidos para esse mês, mas dai fiquei interessada nos lançamentos e resolvi deixar para o próximo hehe. Eu tenho 3 gatas aqui em casa então já viu o que me anima na leitura né hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi
    adoro histórias assim e esse super chamou minha atenção, espero gostar da história assim como você fui correndo colocar ele na minha lista de desejado.
    Legal saber que tem filme, esse passionflix poderia ter legenda em português pois parece ter filmes gostosinhos de se assistir.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Nana! Eu estou doida pra ver essa adaptação porque eu simplesmente ameu o livro, um excelente romance e a Petunia é sensacional!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Nunca li nada da autora. Tenho percebido mais e mais que preciso voltar a ler um pouco livros de romance mas tá difícil. Esse realmente parece um daqueles filmes de romance clichês porém gostosos de assistir, eu acho que iria adorar a leitura. E ainda tem bichinhos e cenas hot de brinde <3

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  10. Oi Nana, tudo bem?
    Apesar de adorar romances de época, que são clichês e repetitivos, não consigo trazer essa empolgação pra romances hot contemporâneos. :(
    Talvez em algum momento que eu precise de algo levinho eu perca o preconceito e dê uma chance rs.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  11. Oi Nana!

    Não conhecia o livro, mas pelos clichês e pontos que você citou em sua resenha já percebi que, Onde Mora o Coração tem todos os ingredientes que amo em livros do gênero.

    Fiquei super curiosa para ler!

    Beijos;***
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  12. Olá...
    Eu sou a louca dos romances!
    Amei a sua resenha e todos os elementos que compõe a obra, parece ser exatamente o tipo de leitura que curto <3
    Dica anotada!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá, sejam bem vindxs :D
Algumas observações
- Os comentários são moderados, conteúdo odioso ou preconceituoso não será aprovado;
- Comentários que não tenham relação com a postagem e estilo propaganda serão enviados para o spam
- Comentários que desprezam o texto da postagem não serão respondidos