Série: Derry Girls (2018)

Situada na Irlanda do início da década de 1990, esta sitcom apresenta as façanhas pessoais de uma menina de 16 anos, sua família e amigos.

Aproveitando que a nova temporada chegou recentemente à Netflix, resolvi tirar essa postagem do fundo dos rascunhos. Derry Girls é uma das minhas séries de comédia favoritas atualmente. E eu sei que é bem complicado indicar séries de comédia, pelo fato de humor ser algo bem complicado de bater. A série pertence ao canal britânico Channel 4, idealizada e roteirizada por Lisa McGee, de Being Human

O cenário de Derry Girls é a Irlanda do Norte, em específico, Londonderry - ou simplesmente Derry -, a segunda maior cidade no local. Situada nos anos 90, acaba por se alinhar com grandes fatos históricos e políticos da época, como o The Troubles (O Problema - Conflito na Irlanda do Norte). Como a Irlanda do Norte é a parte do Reino Unido, vocês já podem ter ideia de que terá vários momentos espirituosos em cima disso. Ora sutil, ora nem tão sutil.

E em Derry, vamos conhecer esse grupo de quatro amigas adolescentes: Erin, a prima dela Orla, Clare e Michelle. Mais tarde, James - o primo inglês de Michelle - começa a fazer parte do grupo. O menino sofre demais na mão delas, começa pelo fato dele ser inglês. Todos eles estudam em uma escola católica para meninas. É, o James estuda lá também. Ha! Achei interessante a ideia de apresentar um por um.

Em pé: Orla, Erin e Michelle | Sentados: Clare e James |  via channel 4

Erin, Saoirse-Monica Jackson vista na série The Five, a rainha da dramatização e das expressões faciais. Ela é aquela menina que deseja ser popular, nutrida de paixões e ambições. A casa dela é cheia de gente. Mora com os pais, a irmã bebê, o avô, a tia e a prima mencionada... o pai dela sofre no mesmo nível que o James. Mas, nesse caso, vem do avô dela que está sempre implicando com ele, coitado. Erin tem o humor dele, meio dark e satírico, isso a mete em vários problemas. Que são divertidos pra nós, claro. É a típica adolescente que não sabe aceitar um não.

Orla, Louisa Harland vista em Standby, a prima de Erin, é a observadora do grupo. Ela tem um ar meio ingênuo, super área das coisas, mas não a subestime. Ela é um doce de pessoa, inteligente, e como tem o tipo de "a estranha do rolê", ela prioriza muito o que sente por si mesma. Seus comentários aleatórios sempre divertem, principalmente quando irritam a prima. Ela e mãe moram na casa de Erin. A mãe é meio cara-de-pau.

Clare, Nicola Coughlan vista na série Harlots, é a razão do grupo. Todas as ideias malucas que Erin e Michelle inventam, ela sempre é quem vai questionar os resultados. E acaba por causar muitos desentendimentos entre elas. Sendo a razão, seus surtos garantem cenas muito divertidas. É uma personagem importante, que traz representatividade para série, mas não posso ir a fundo devido a spoilers.

Michelle, Jamie-Lee O'Donnell vista em Urban & the Shed Crew, é aloka rebelde. É aquela amiga do grupo que sempre tem uma novidade bacana, que ninguém quer deixar passar. Erin é sempre tentada por suas ideias, principalmente se houver festa e perigo envolvidos. Praticamente uma inspiração para adolescentes que querem liberdade. O pobre do James - o primo - sofre bastante na mão dela.

E vamos a ele, James, Dylan Llewelyn conhecido por novelas britânicas, o inglês meio odiado. A mãe dele morava em Derry, mas acabou indo para Londres. Enfrentando um divórcio, ela decide mandá-lo para a irmã, e ele passa a frequentar a escola católica com as meninas. Quem vê pensa que ele faz alguma coisa errada, mas o menino é super gentil e doce. Mas é super deslocado, o que o deixa bem chateado algumas vezes. E elas, bem... não ajudam em nada. Ha!

O ambientação nos anos 90 exala nostalgia | via channel 4

A série ainda destaca outros personagens, como a Irmã Michael, Siobhan McSweeney vista na série The Fall, a figura mais temerosa para os adolescentes. Porém, a freira também nos presenteia com momentos hilários sobre suas atividades nos horários de folga. Apesar do ar superior e rígido, não há garantias de que ela será inteiramente respeitada. Regras existem para serem quebradas, no que se trata de ambiente educacional e adolescentes nessas produções, não é? Ainda destaco o Vovô Joe, Ian McElhinney - o Barristan Selmy de Game of Thrones, nesse misto de mais velhos debochados e mal humorados. Os dois são demais.

Engraçado que iniciei essa série pouco tempo depois de assistir o filme Lady Bird. Com isso, foi difícil não notar um ar parecido, começando pela escola religiosa e o tom debochado. Como eu adorei o filme, então foi bem fácil me enturmar com o mundo de Derry Girls e simpatizar com essas personagens. A comédia se passa nos anos 90, outro ponto que facilitou a minha conexão. A cada episódio, me lembra certos pontos de minha época escolar, e acredito que de certa forma, acabará se relacionando com vocês também.

O ar dos anos 90 está em toda parte. Cenário, trilha sonora - maravilhosa - figurino, produtos em alta e tudo mais. Dá certa nostalgia, de coisas que nem veremos mais em nossa vida. Os momentos históricos e políticos da época, só acrescentam ainda mais no desenvolvimento. É muito bacana como eles se alinham com a vida das famílias no local e, apesar de todo lado cômico, consegue transmitir o perigo que rondava naquela área. Muitos protestos e partes tomadas por segurança. Sempre mesclando com um ponto de felicidade das meninas, deixando claro o quanto a gente perde por não aproveitar o momento.

Irmã Michael lendo O Exorcista porque óbvio

O elenco é bem simpático, muitos conhecidos por produções locais na tv britânica. Por outro lado, há alguns mais famosinhos por séries maiores, como Harlots, The Fall e GoT, e até para o cinema. A Nicola, que interpreta Clare, estará na série dos Bridgertons em breve, então se quiser conhecer o trabalho dela, fica a dica. As meninas são o ponto alto, claro, a química entre elas é muito espirituosa. Michelle rouba a cena muitas das vezes, mas adoro a dobradinha da Clare com Erin. Mas as atrizes não são adolescentes de verdade, é tipo Glee... vamos fingir.

A série tem poucos episódios, e como é uma comédia, são poucos minutos. Os episódios terminam num piscar de olhos. A produção é muito boa, com lindas localidades e sabe intercalar-se com a seriedade. Fico de cara que a Lisa trabalha sozinha no roteiro de todos os episódios. E te alegrando, a terceira temporada vem aí!

Derry Girls é a dica perfeita para a maratona do fim de semana. Ainda mais se você está ai, que nem eu, chupando dedo com todo mundo na Bienal. Ha! É uma série adolescente mais crítica, debochada, doidinha, que te ensina a olhar mais para o lado feliz da coisa. E que tem pais bem mais doidos do que  aqueles que você conhece. Pra quem curte o humor inteligente da Terra da Rainha, um prato cheio!

O povo é meio obcecado por expressões marcantes | via channel 4

Sobre a trilha sonora, eu preciso contar uma coisa: Algumas músicas são mudadas quando a série vai para Netflix. Mas, se você quiser conhecer a verdadeira soundtrack, no Spotify tem uma playlist disponível no perfil do Channel 4.

E gente, se vocês puderem, assistam a série legendada. Sério, a voz original mais o sotaque das meninas deixa a série ainda mais doida.


Título Original: Derry Girls
Título Nacional: ?
Status: Renovada
Nacionalidade: Britânica
Criador: Lisa McGee
Roteiro: Lisa McGee
Adaptação: Não
Ano: 2018
Censura:14 anos
Duração de Episódios: 30 min
O Que Assistirei?: Comédia
Elenco Principal: Saoirse-Monica Jackson, Louisa Harland, Nicola Coughlan, Jamie-Lee O'Donnell, Dylan Llewellyn, Tara Lynne O'Neall, Kathy Kiera Clarke, Tommy Tiernan, Ian McElhinney, Siobhan McSweeney, Leah O'Rourke, entre outros.
Trilha SonoraTuneFind
Abertura/PromoTrailers
Canal Britânico + Irlanda: Channel 4
Canais Brasileiros: Netflix

Nana Barcellos

19 comentários:

  1. Olá!! Vou tirar um tempinho para assistir a série só não sei se legendada rs
    Parece que vai ser divertido.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nana!

    Eu sou bem difícil com filmes/séries de comédia, a única série do estilo que eu realmente amei foi Baby Daddy, maas achei o enredo dessa bem interessante, uma comédia que de fato diverte e que foge um pouco do padrão das demais. Assim que sobrar um tempinho, vou tentar assistir também!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oiii Nana

    Esse ar anos 90 me fisga completamente, e o fato de ser uma comédia é muito meu estilo, prefiro séries assim, pra rir e relaxar. Essa ainda não vi, mas vou assistir assim que der.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Embora eu goste mais dos anos 80, essa série me chamou a atenção pela localização
    Recentemente Assisti um filme que se passa parcialmente na Irlanda e adorei as belas paisagens
    E bom saber que tem poucos episódios e de curta duração
    Como não tenho Netflix vou tentar baixar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliane,
      Tomara que você curta Derry Girls.

      E opa, que filme da Irlanda é esse? Indica para mim. ♥

      Excluir
  5. Oi Nana,
    Eu não costumo ver séries de comédia, porém gosto das temáticas, então acho que vale a pena arriscar, né?
    Vou terminar Mindhunter e começar essa. Ainda bem que tem na Netflix!!!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana!

    Seriados de comédia não costumam entrar muito na minha lista, mas achei interessante a temática da série tanto pelo período em que se passa (anos 90 nunca tiveram tanto na moda), como pelo fato eu de ter estudado em colégio católico também.

    Vou aproveitar que essa série é curtinha para começar a assistir, já que Outlander é só ano que vêm.

    Beijos;***
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nana!
    Nossa, se eu pudesse, eu estaria te abraçando agora hahaha Faz muito tempo que estou procurando uma série de comédia que tenha capítulos curtos. Aliás, fui até pesquisar a série na Netflix depois de ler sua resenha e juro que não assistira se só tivesse lido a sinopse no aplicativo. Obrigada pela indicação e vou assistir com certeza!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  8. Olá, Nana.
    Nem me fale em bienal que já dá vontade de chorar hehe. Ei ri agora dos atores tipo Glee. Tipo Malhação também porque ontem mesmo estava falando com minha mãe sobre isso. Tem um carinha lá que tecnicamente tem 17 anos mas o cara é só músculos o que dificilmente um adolescente teria. Na boa ele tem uns 25 hehe. Não sei se assistiria essa série porque não me chamou tanto a atenção.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi Nana, eu não gostei de Lady Bird e nem sou muito fã de série adolescente, mas estou sempre me busca de séries de comédia, então daria uma chance!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi
    eu gosto dessa série, assisti a segunda temporada final de semana e já quero uma terceira temporada, a Irmã Michael estava lendo o exorcista e dando risada, as meninas implicam com o James, mas não conseguem ficar sem ele e elas mostraram isso no último ep da temporada.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Eu vi muita gente indicando a série mas não tinha dado uma chance até hoje porque eu achava que era uma série muito puxada para a política e tal, ignorando o humor mas agora sabendo que tem esse toque cômico, estou tentada a dar uma chance.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  12. Oi Nana, tudo bem?
    Adoro indicações de séries curtinhas! Assim que possível, vou espiar o primeiro episódio. =)
    Mas confesso que quando li o nome, pensei que tivesse algo a ver com Stephen King, por causa da Derry de It hahahaha!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  13. Oi Nana! Fico só olhando as postagens da Bienal e passando vontade. Sobre a dica, comédia é difícil mesmo de indicar, cada um tem um tipo de senso de humor. Eu já tinha visto esta série sendo comentada e gostaria de conferir.Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  14. Oi Nana,

    Mais uma para a lista de chupar o dedo só olhando o povo ir na Bienal hahaha.
    Eu não sou muito de ver séries de comédia, pois é difícil uma me agradar, mas gosto de assistir o primeiro episódio para ver o que acho.
    Vou tentar assistir essa para ver se curto, pois gostei da premissa.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  15. Oi, Nana

    Eu só fiquei sabendo da existência dessa série depois da escalação da Nicola para o elenco de Os Bridgertons. Eu não curto muito comédia, mas estou inclinada a dar uma chance muito mais para conhecer o trabalho da Nicola (que acho uma fofíssima super acessível) do que pela série em si, confesso. Mas o fato de serem episódios rápidos me atrai também... ando meio traumatizada com episódios de uma hora da Netflix! hahahahaha
    E como não amar o sotaque irlandês????????

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Nana, td bem?
    Já tinha ouvido falar nessa série, mas adorei saber sua opinião!
    Acho q nunca vi nada na Irlanda assim...
    Eu realmente não sou muito de acompanhar séries de comédia, mas essa pode ser uma exceção né? Quero dar uma chance assim q rolar 😉
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Nunca tinha ouvido falar da série, mas indicações são sempre bem vindas ♥ ainda mais comédia! Tô há um tempo sem assistir nada, com uma certa preguiça, sabe? haha quando entro nesses ciclos eu gosto de começar novas em vez de colocar as que eu já assisto em dia kkk vou procurar na netflix por essa!

    um beijo,
    gabi ramalho

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão enviados para o spam.
- Comentários irrelevantes como: estilo copy+cola, desprezando o conteúdo da postagem, 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, não serão respondidos, e dependendo, serão enviados para o spam também.