Livro: Sem Saída - Taylor Adams

A universitária Darby Thorne já tinha problemas demais. Sem sinal de celular e com pouca bateria, ela precisava dirigir em meio a uma nevasca para visitar sua mãe que fora internada às pressas e poderia morrer, mas o mau tempo a obriga a fazer uma parada. Num estacionamento no meio do nada, Darby se depara com uma criança presa e amordaçada dentro de uma van. Aterrorizada, ela precisa manter a calma. Mais que descobrir quem é o proprietário do veículo, é fundamental escolher quem, dos quatro desconhecidos no local, pode ser um aliado para ajudar no resgate. O desafio são as consequências: isolados pela neve, qualquer deslize pode ser fatal. É preciso resistir até o amanhecer, mas o perigo aumenta e cada minuto pode ser o último.
Taí uma aventura de livro que super dispenso. Ha!

Neste thriller eletrizante, vamos conhecer a jovem Darby Thorne que lida com certos remorsos em relação a mãe. Suas lembranças são tomadas por discórdias, até o momento em que viu a oportunidade perfeita de abandoná-la ao iniciar a faculdade. Próximo ao Natal, Darby recebe uma mensagem da irmã relatando sobre o estado de saúde da mãe que está internada, pois o câncer está avançado. Engolindo o orgulho, decide visitá-la para, quem sabe, vê-la pela última vez.

Sabotada por uma nevasca e pelo celular, Darby acaba em uma parada de descanso, específica para estes conflitos, com mais quatro estranhos: Ashley, Lars e os primos Ed e Sandi. A jovem não é do tipo que pretende socializar, então sua prioridade torna-se a busca de sinal para o aparelho e manter contato com a irmã; até o momento em que encontra aquele furgão...

A pequena Jay é o sexto integrante daquela parada, mas, claro, ninguém pretende revelar a Darby que está com uma criança - presa e tratada feito monstro - dentro de um carro. Ela decide investigá-los enquanto traça um plano para libertar Jay e entregá-la aos pais. Só que Darby falha: confidencia todo plano à última pessoa que deveria saber, assim iniciando um confronto sanguinário pelas próximas horas da madrugada.

" - Jay, prometo que vou tirar você daqui. Eu vou salvar você."

Se eu resumisse mais, acabaria escrevendo o que não deve. Mas confirmo: este é daqueles thrillers que nos faz virar a noite. A narrativa de Taylor Adams nos cativa pelo grande propósito de sua heroína: salvar a pequena Jay. E não pense que será  fácil, pois esta história é repleta de surpresas; em alguns momentos nem cheguei a piscar. A escrita nos instiga a cada finalizar de capítulo, colocando em teste o quão confiável são estas cinco pessoas. E, infelizmente, os inocentes sempre pagam.

Nem a protagonista Darby escapa do tom de imperfeição. Ao conhecê-la lemos bastante de seus remorsos em relação às lembranças que nutre da mãe e como o retorno ao lar soa mais obrigação do que vontade. Mas esse ar muda conforme o interesse em salvar Jay aumenta, já que surge um belo apreço pela menina desconhecida. Darby é aquela protagonista que não desiste facilmente; sabe as consequências e isso a fortalece.

O cenário é apenas a parada de descanso e arredores. Os seis personagens estão isolados naquela área e tentam, em vão, criar algum tipo de conexão nas horas que seguem.  O embate de Darby perdura até o amanhecer, e o leitor pode contar com grande ação por estas linhas. Apesar que o autor pode soar apressadinho em uma de suas primeiras revelações. Quem é mais ávido por respostas certamente acompanhará o ritmo dele com maestria.

"As mentiras mais fáceis de contar são as verdadeiras."

Não estranhem, mas desejei que Taylor segurasse um pouco mais a revelação inicial -um suspense a mais, aquelas pulguinhas atrás da orelha, pistas falsas - que ele optou seguir no estereótipo. É um baita quebra clima, né? Bate o olho no personagem X, acaba o acusando por não simpatizar com a personalidade e, por fim, acerta em menos de cem páginas. Embora o autor se garanta nas outras ótimas revelações que a trama guarda pelas próximas linhas, como o - talvez - repulsivo destino da pequena Jay.

Os ganchos ao fim de cada capítulo cumprem bem o trabalho de nos manter entretidos além do esperado. As situações perigosas rondam Darby a cada minuto após as primeiras revelações, quebrando parte do ar monótono em relação ao ínfimo cenário. Há ótimos momentos, como o embate no banheiro que leva Darby a confiar ainda mais no poder ocultado em si. E assim pensamos que o fim está próximo, mas o autor sabe nos impressionar.

Sem Saída é um daqueles thrillers que não é tão difícil imaginar uma produção de cinema em meio à leitura. O clima nos contagia; todo nervoso e ânsia por respostas, além da liberdade de Darby e Jay daquele cenário angustiante. O autor ainda nos presenteia com dois finais, pelo menos foi da minha percepção. Se você ficar feliz com o primeiro, não precisa ler o epílogo. Ha!

"Quem quer que inicialmente pareça o personagem mais legal sempre acaba se revelando o babaca no fim."

Já é clichê comentar que as edições da Faro são um arraso, né? Todo cuidado que a editora mantém é de deixar qualquer leitor feliz, por ter parte de seu catálogo na estante. E aqui não é diferente. As partes foram divididas pelos momentos cruciais desta madrugada de tensão em que se desenrola a trama. A tal "Hora das Bruxas" me deixou ressabiada, pois sempre sinto cheiro de alguma comida nesta hora...

~*~

*Adaptações:

No Exit (?) | Filme
. De acordo com o site Deadline, os estúdios da Fox compraram os direitos da adaptação para os cinemas. Por enquanto, Damien Power está cotado na direção;
Mais informações, editarei por aqui.

Autor: Taylor Adams
Título Original: No Exit
Origem: Literatura Americana
Editora: Faro Editorial
Tradução: Carlos Szlak
ISBN: 9788595810969
Publicação: 2019
Páginas: 272
Série: Não
O Que Tem? Criança Sequestrada, Caçada, Jogos, Quem Fez?


LinksSkoob Compre Físico No Site da Editora - Site do Autor
O Canto Cultzíneo agradece à Faro Editorial por ceder o exemplar para análise.

12 COMENTÁRIOS

  1. Oiii Nana

    As edições da Faro s mesmo um arraso e acho que o catálogo deles em thriller tb é um dos melhores, ainda n havia lido resenhas de Sem Saída e agora fiquei mega empolgada pra ler, parece mesmo ser um thriller cheio de tensão, to precisando de uma estória assim, que me faça virar a noite lendo. Dica anotada.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nana
    Amei sua resenha, me deixou com ainda mais vontade de lê-lo!
    Fiquei com dó da Darby e da Jay, e tô muito curiosa pra saber porque a menina tava presa e quais eram os rolos familiares da Darby.
    Esse final duplo é bem interessante também!
    Acho que só li um thriller na vida kkk mas esse já tá na lista!

    ResponderExcluir
  3. Oi Nana! Tem cara de filme mesmo, eu lembrei de suspenses que eu assistia nas noites de sábado na adolescência. O final duplo foi ótimo, deu aquela acelerada no coração.Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Parece ser o tipo de leitura que eu devoraria rapidinho! E realmente é uma trama tão real que a gente logo imagina os personagens num filme! <33
    Beijão

    Primavera Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  5. Oie Nana!

    Achei interessante esse negócio dos dois finais, verdade??? E dá certo?hjeheh
    Eu gosto de ler thrillers, apesar de me deixarem LOOOOUCA kkkk
    ja super valeu a dica, apesar de ainda não ter lido nada do autor...

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  6. Olá, Nana.
    Eu amei esse livro. Ficava me imaginando no lugar dela hehe. E enquanto lia só pensava no filme que a história daria. Espero que a Faro traga mais livros do autor para cá porque gostei bastante.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Nana, realmente as edições da faro são sempre boas. Ultimamente eu resolvi ler mais suspenses e essa obra é bastante elogiada. Espero curtir tb e quem sabe ver uma adaptação no cinema!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oie nana, não conhecia esse livro mais parece ser muito bom!! Beijos e ótima indicação

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    É clichê falar das edições da editora, sempre impecáveis com muitos detalhes. Gostei desses livros, anotei aqui a dica e acho que eu gostaria de arriscar nesse gênero.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Um dos melhores livros que já li neste ano!!Eu sou fã demais do gênero e oh, a Faro é uma das Editoras que mais capricha em suas edições.
    As letras são confortáveis,páginas..tudo nela é perfeito.
    Quanto ao livro, eu super indico!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  11. Olá Nana,

    Esse livro está na minha lista de desejados, fico feliz que tenha gostado e isso me anima ainda mais, ótima resenha.


    Beijos.



    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi
    faz tempo que não leio thriller, parece ser daqueles que deixa o leitor desesperado por respostas, pelo que comentou parece ser um bom livro.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá, sejam bem vindxs :D
Algumas observações:
- Os comentários são moderados, conteúdo odioso ou preconceituoso não será aprovado;
- Comentários que não tenham relação com a postagem e estilo propaganda serão enviados para o spam;
- Comentários que desprezam o texto da postagem não serão respondidos.