Livro: Chuta Que é Carma! - Vanessa Bosso #TOCANDOAMOR

Clara acaba de terminar um namoro longo. Só isso já seria motivo para ela estar bem chateada, mas, para completar o carma, o cretino fez questão de levar embora todos os móveis do apartamento dela. Arrasada e certa de que não nasceu para ser feliz Clara convida sua melhor amiga para uma viagem espiritual ao Peru. Em meio a rituais de meditação, trilhas místicas e comprinhas (já que ninguém é de ferro), ela reencontra um amor do passado que só lhe trouxe dor de cabeça. Em Chuta que É Carma!, Você vai descobrir o que os deuses reservaram para o destino de Clara e se convencer de que ignorar o futuro pode ser bem divertido. Da mesma autora de O Homem Perfeito.
Quando você conhece alguém com a vida amorosa pior que a sua.
E carma de estimação todo mundo tem. 
Certeza que você sabota - com maestria - alguma parte da sua vida, não é mesmo?

Neste chick-lit nacional iremos conhecer a má sorte de Clara. Não acredita? Já na introdução a moça nos relata que seu nascimento foi impulsionado após a mãe escorregar numa casca de banana. Ao longo dos anos, Clara dedicou-se eliminar a maldita sorte através de tudo que lhe recomendaram. Ha! Mas seu maior carma está presente na bagunçada vida amorosa.

A última má colheita pairou no término de um relacionamento maduro, ocasionando o roubo de seus pertences. Pois é, o ex-embuste fez questão de se mandar do apartamento e, de quebra, levando toda mobília de Clara. Cansada de apenas sentar e lamentar, Clara decide embarcar numa jornada de redescobrimento em Machu Picchu - ao lado de sua melhor amiga e conselheira zen, Patty.

As duas chegam ao solo peruano cheias de planos para aproveitar cada parte do roteiro. O ar esotérico influencia nos grandes conselhos de Patty, na tentativa de despertar o amor-próprio perdido na alma de Clara. Ela está na fase das lamúrias e, de fato, não acredita que a boa sorte voltará a fazer parte de seus dias. A coisa piora quando Clara reencontra um antigo crush da época universitária. Pois é! Sai do Brasil pra encontrar ex em outro país, que carma! Ha!

O reencontro com o tal crush perdido não rende boas lembranças para nenhuma das duas amigas. Acreditando que toda situação carmática virou uma bola de neve - que deve explodir a qualquer momento - Clara e Patty decidem esticar a viagem num cruzeiro até Miami; é o melhor destino ever! Embora mal saibam do apimentado evento que estará rolando por ali: O Cruzeiro dos Solteiros. Prato cheio para azaração, não é?

Clara sabe que será difícil controlar seus desejos em meio aos belos rostinhos soltinhos pelas cabines. Não só o carnal, mas também o da jogatina - a grana não é eterna para bobear em cassinos. Mas e se... só um pouquinho de diversão? Nada demais deve acontecer para alimentar ainda mais este bendito carma... Será?


"Sinto que meu momento chegou. Não posso ser uma cretina, não quero mais atrair relacionamentos tóxicos e destrutivos. Só quero o que for saudável e verdadeiro."

Chuta Que é Carma! foi uma das minhas pouquíssimas aquisições na Bienal do ano passado - o ingresso comeu metade da minha grana, aff - e era uma das belas promoções no estande da editora. Há tempos já ensaiava ler algo da autora, pois sempre leio pelas resenhas o quanto sua narrativa é divertida. E é algo que a tensão criada nestes últimos meses carece, né?

A comédia romântica é protagonizada por Clara. A melhor amiga, Patty, também soa como uma protagonista, já que o divórcio não fora nada amigável - ela também parece estar na fase de recomeços. As amigas estão na faixa dos 30 anos - talvez o ar diversão não transmita o tanto deste ponto, principalmente o de Clara, que apresenta uma construção bastante imatura e desnecessariamente ofensiva em alguns de seus diálogos. As duas são financeiramente independentes aparentando boas carreiras profissionais. Embora a protagonista deposite parte de suas permissões à figura de Patty, que sempre tem de opinar, por fim acabei simpatizando mais com ela. Clara é aquela que narra todas as desventuras alucinadas das duas. O problema é que a narrativa é dominada por altos e baixos.

A escrita de Vanessa Bosso apela para um lado mais bem-humorado, moderno e jovial com tons informais; gírias paulista e neologismos das redes sociais são bem presentes. O excesso de "gata" - que surge no início da maioria dos diálogos da Patty - incomoda. A forma ágil é de fácil conquista, em vista que pode levar os mais ávidos a concluir a leitura num único dia. Um outro ponto positivo são os capítulos curtos que dão aquela impressão de crônicas - já que estamos acompanhando os grandes acontecimentos da viagem. O humor funciona em certas partes, mas sempre lembro que é algo relativo; sinalizo que abusa de um tom mais ácido, sobretudo em relação a questão do carma.

"Será que minha sorte tirou férias?"

A primeira parte, no Peru, é a minha favorita e acredito que seja a de melhor construção. Dá aquela animada e desperta a vontade de sair correndo atrás de um tour por lá. Nota-se boa pesquisa e a autora consegue transmitir parte da cultura apresentada às suas personagens pelas linhas; algumas curiosidades certamente serão saciadas. O lance da folha de coca é engraçado. A questão zen sobressai, ainda mais pelos conselhos de Patty. A amiga é uma mistura de Susan Miller com Augusto Cury, cheia das frases feitas; nem será estranho ser cutucado por parte delas. Se você acompanha este blog há algum tempo, sabe que eu amo astrologia - e sim, leio bastante sobre meus carmas. Ha!

O embarque no cruzeiro é o ponto decisivo para o leitor. Da minha parte não há carisma, a abordagem é superficial e o ritmo dá uma caída. Até os rapazes, que as duas estão evitando, não conseguem tal interesse como os outros dois do Peru. Ah, sim, eles sempre aparecem em dois. Ha! Mas sou muito agradecida pelo fato da autora ter apresentado uma forma sucinta nas cenas eróticas porque não predominam inúmeras páginas. Em poucos parágrafos a gente entende tudo também.

Entretanto, não se enganem! O romance ainda não finaliza após o retorno delas. Clara ainda precisa colocar em prática parte do que aprendeu e ensaiar seu recomeço. Mas, claro, o final já deixa aquele caminho para o segundo volume. Chuta Que é Carma! não é daqueles romances que se obriga a uma formação de casal. É mais sobre sua protagonista e a busca pelo amor-próprio da mesma. Apesar das ressalvas, gostei da experiência com a autora e retornarei às suas histórias.

" - Não fale assim ou vai atrair novos demônios para a sua vida.
- Pelo menos vou saber lidar. Sou tipo um padre exorcista, uma total expert no assunto."

Edição lida em formato físico. As folhas são daquelas grossinhas que nem dos livros da Faro, daí passa a impressão de que é um livro grosso e tals; mas os capítulos são curtos e ajudam a narrativa fluir por algumas horas e/ou dias mínimos. Ótima diagramação, com mudança na fonte da introdução dos capítulos, e sem erros não tão gritantes. Apreciei a capa e as cores; os objetos em destaque são bem da personalidade da protagonista.

"Será que um dia meu coração vai despertar novamente?"

Foi o primeiro livro que li da editora e, também, o primeiro comprado físico (tenho uns e-books deles no Kindle e no PlayLivros) . Amei todo o cuidado e, certamente, voltarei a comprar do catálogo.

Até o momento da publicação da postagem - e-book disponível no Kindle Unlimited.


*As avaliações com desenho da pimenta indicam conteúdo/linguagem erótica na história


Autora: Vanessa Bosso
Origem: Literatura Brasileira
Editora: Astral Cultural
ISBN: 9788582463529
Publicação: 2016
Páginas: 256
Série: Sim
#1: Chuta Que é Carma!
#2: Agarra Que é Amor!
O Que Tem? Chick-Lit, Carma, Amizade, Cruzeiro dos Solteiros

Nana Barcellos

11 comentários:

  1. Eu ameiii o título e fiquei mega curiosa para conhecer mais sobre ele!!!

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  2. adorei conhecer esse livro, parece mesmo daqueles bem divertidos bons pra sair da ressaca literaria

    www.tofucolorido.com.br
    insta: @liviaalli

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante da premissa do livro e ainda mais por nos levar ao Peru que eu tenho muita vontade de conhecer! <3
    Beijoss, Primavera Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  4. Oi Nana,
    Você sabe que eu sou apegada ao drama do que a comédia, né? Por mais que esteja lendo coisas mais leves nessa pandemia, acho que não é algo muito certeiro para mim, confesso ficar receosa com essas 'gírias', eu não as uso e não gosto que usem comigo. (É, eu sou chata! rs)
    Vou pensar se arrisco ou não a leitura, rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Nana.
    Eu já li um livro da autora e gosto da escrita dela. E mesmo com suas ressalvas achei o enredo desse interessante. E ri muito aqui com o namorado levando a mobília porque meu irmão já passou por isso. Quando chegou do trabalho só tava a pia na casa porque tava colada na parede o resto ela levou tudo hehehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana! Li um livro da autora e não curti, então não sei se encaro outra obra dela no momento. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oii Nana

    Eu achei a sinopse super legal, parece apelar mesmo para o lado mais cômico mas ainda falta algo para me chamar a atenção, sei lá, acho que no momento não estou muito no clima para chick lit, andei lendo vários e acho que saturei, ainda sim, não descarto de ler algum dia, quero conhecer mais autores nacionais e a Vanessa Bosso foi bem elogiada por outro livro há uns tempos atrás.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Nana, gostei por sei um chick-lit, por ter cenário de viagens (sou louca para conhecer o Peru e fazer uma viagem a Machu Pichu), o fato dos capítulos serem curtos e o tom bem humorado. Acho que a questão do gata também me incomodaria. Mas não anula a vontade de ler o livro.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
  9. Oi
    parece ser uma leitura divertida, eu já li resenhas de histórias da autora e parecem ser leves e uma boa distração.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Gostei muito de saber que está disponível para ler em ebook grátis. Acho que vou gostar do livro, me parece leve e que nos faz tirar várias risadas.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Realmente não é o estilo de livro que eu goste de ler, mas fiquei imaginando essa história em forma de filme hehe :)
    Adorei a resenha!!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.
Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem serão enviados para o spam;
- Comentários irrelevantes como: estilo copy+cola, desprezando o conteúdo da postagem, 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post&#39 e outros no mesmo nível, não serão respondidos e, dependendo, também serão enviados para o spam.