Livro: Segredos - Caitlin Wahrer

Tony sempre foi um bom irmão para Nick. Então, quando ligam do hospital avisando que o caçula está internado após sofrer uma agressão sexual, seu lado protetor é ativado, impulsionando sua busca por justiça. Julia, esposa de Tony, é advogada e acredita que o caso logo será resolvido, mas a família jamais será a mesma: a avalanche de comentários maldosos nas redes sociais e a superexposição com a cobertura obsessiva na mídia transformam a luta do marido em desejo por vingança. Nick vive num estado de angústia ao perder o controle de tudo que ocorre após a agressão: lidar com a vergonha, a invasão de sua vida pessoal e, agora, a manipulação dos fatos por parte de seu agressor. Ele deseja apenas acordar daquele pesadelo e ter sua antiga vida de volta... Enquanto a batalha jurídica ocorre, essa família precisa desenterrar segredos e lidar com assuntos que foram silenciados no passado, mas que não podem mais continuar encobertos.
AVISO: Esta narrativa contém gatilhos ligados à saúde mental; agressão sexual, depressão, descaso familiar e suicídio.

Até onde você iria para proteger sua família?

A narrativa deste suspense se divide entre dois anos: 2015 e 2019.

Em 2015, o jovem universitário Nick Hall está em um bar na expectativa de um encontro. Ele sabe que Chris - mais uma vez - não irá cumprir com sua palavra. Então decide ficar perto de sua melhor amiga e espairecer na companhia de alguns drinks. Nick se vê surpreso quando um estranho rapaz senta ao seu lado e demonstra interesse. Os dois trocam algumas palavras, que logo se estendem numa animada conversa pelos próximos minutos.

Horas depois o irmão de Nick, Tony Hall, recebe uma ligação do hospital local. Seu irmão, aquele por quem olha e cuida desde a infância, foi vítima de uma agressão sexual. Tony é conhecido por seu temperamento explosivo. Ele enfrentou o pai e a madrasta quando precisou salvar Nick, tirando-o do ambiente insalubre em que era criado. Tony sabe que, após testemunhar os traumas físicos e mentais do irmão, nada irá impedir as possíveis consequências contra o culpado.

Nick precisará passar por um longo e doloroso processo até se sentir justiçado: as inúmeras abordagens da polícia, do terapeuta, o processo de identificação para achar o culpado, todos os olhares e a vergonha que sente. A pior parte é lidar com sua família. Infelizmente é só o começo. Após a identificação de Raymond Walker, parte do sigilo do processo é rompido; comentários maldosos brotam pelas páginas de notícias na internet. A mãe de Raymond se dedica a inocentar o filho a cada postagem em seu Facebook. E Tony segue observando e orquestrando a hora exata de agir.

Em 2019, o detetive John Rice - que liderou toda investigação no caso de Nick - recebe Julia Hall em sua casa. Julia é esposa de Tony. Na época do crime ela atuava como advogada, usando parte de seus contatos para ajudar na possível condenação de Raymond. O problema é que o cara sempre foi limpo; nunca recebeu outra acusação por qualquer tipo de agressão. Todos os seus esforços para ajudar Nick soavam como procurar agulha num palheiro. John Rice está debilitado, doente, e sente que há uma última peça a ser encaixada neste mistério, antes de partir.

"Ela olhou para a sua ridícula, e preciosa, família e respirou fundo. Isso é perfeito. É ser feliz."

Leitura pesada e bastante reflexiva. Dizer que eu nem diria que este livro é o primeiro da autora Caitlin Wahrer. Cada parágrafo deste suspense soa tão real. Certamente a autora trouxe muito de sua formação - direito e justiça criminal - para o enredo. Sério, é impossível não cogitar se ela já lidou com questões similares as do caso de Nick. Outro ponto que fisgou meu interesse de aloka dos mistérios foi a maneira que ela inicia a narrativa, com uma construção de cenário tão intrigante que dá pra sentir o perigo à espreita de Nick. O tom da conversa entre Julia e o detetive também ajuda, já que a moça consegue transmitir preocupação e está bastante cautelosa. Este livro não se chama Segredos à toa.

Nick é o irmão caçula, um personagem bastante jovial. Com a família desestabilizada - pelo pai de ambos - Tony e Nick construíram uma bela aliança que se frutificou ainda mais com a chegada de Julia e as crianças. O ruim que deu certo. Tony se presta como figura paternal e é de fácil compreensão seus atos após o crime. Não o julgo por ter esquentado a cabeça em vários momentos. A rede de proteção entre eles é muito bonita e tocante. 

Depois da agressão contra Nick a narrativa expõe muito dos atos de ódio em nosso cotidiano virtual. Nick é uma vítima LGBT, fato que desperta - ainda mais - comentários maliciosos e ofensivos que tentam anular a credibilidade de sua acusação e seu lugar como vítima. São coisas que lemos facilmente quando portais online - tipo o G1 - que noticiam fatos parecidos. Por outro lado é interessante notar o quanto o detetive Rice se esforça para compreender o que se passa com ele, respeitando seu momento e emocional. A empatia por tudo que Nick precisa enfrentar é instantânea.

"Era espantosa a frequência com que as pessoas sorriam quando eram interrogadas."

O leitor acompanha cada passo da recuperação de Nick, sobretudo mentalmente. E é onde eu ressalto os gatilhos. O rapaz passa por várias etapas difíceis, como se aceitar após o ocorrido. A autora consegue firmar um tom verossímil no foco em seus sentimentos - o que é de suma importância. Ela também aponta o quão é importante os momentos dele tanto a sós quanto na terapia. Enquanto Julia e o detetive estão revisitando pontos do caso e da investigação, eu me senti aflita, cogitando o possível destino que Nick deu pra si.

E pensando em como tudo se acumulou no emocional de Nick, difícil não entender como as coisas atingiram a família. Ele tenta recomeçar, retornando para a faculdade, mas os dias são difíceis - ainda mais depois dos vazamentos. Para Julia é tão difícil assistir tudo quanto para Tony, pois precisa proteger a mente dos filhos do que está acontecendo e, também, impedir que o marido cometa alguma imprudência. Entretanto, tudo se dificulta cada vez mais. O culpado aparenta cada vez mais inocência, mas todos feitos no decorrer das páginas deixa o leitor perspicaz e de que é daqueles homens normais; que estão entre nós. Mas de que adianta se não provar?

Segredos é daquelas ficções dominadas por personagens que nos fazem questionar seus atos, mas por uma questão válida. Será se Julia concederá a última peça ao detetive Rice? Será se Nick conseguirá se reconectar? A conclusão é daquelas de nos deixar boquiabertos, meio polêmica, ainda penso muito sobre - e é o motivo da avaliação alta. Livros com personagens 100% perfeitos é um eterno marasmo. O único problema se nota nas partes entre Julia e o detetive, com intenção de segurar o suspense, levando a dinâmica soar repetitiva em vários momentos.

"- Você sabe que eu seria capaz de fazer qualquer coisa para salvar a sua vida, não sabe?"

Edição da Faro apresenta o suspense dividido em quatro partes. Os capítulos não são tão longos, tornando a leitura ágil e com boas surpresas. Apresenta ótima revisão, sem erros tão nítidos, com questões criminais compreensíveis. Apreciei a capa e as cores, dizer que demorei pra notar que tinha a sombra de uma pessoa. Ha! Bom pra tomar um susto.

~*~
O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os diashttps://www.cvv.org.br/
Você também pode usar a linha sigilosa para apoio emocional 188, que é gratuita em todos os estados brasileiros.
~*~

Autora: Caitlin Wahrer
Título Original: The Damage
Origem: Literatura Norte-Americana
Recomendação do Canto: +18 anos
Editora: Faro Editorial
Tradução: 9786559571123
ISBN: 9786559570980
Publicação: 2022
Páginas: 304
Série: Não
O Que Tem? Crime, Investigação, Confronto, Advogados, União Familiar, Suspense

LinksSkoob Compre Físico - No Site da Editora - Site da Autora
O Canto Cultzíneo agradece à Faro Editorial por ceder o exemplar para análise

7 COMENTÁRIOS

  1. Gênero que gosto em um livro esse se encaixa perfeitamente.adorei saber qué os capitulos não são longos rs.
    Beijos
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha. Estou bem curiosa com esse livro, é um tema que a gente olha e pensa "é assustador, pq acontece de verdade". Quero saber como termina
    Beijos
    www.dearlytay.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie, não sabia exatamente sobre o que o livro falava, mas com certeza entrou para a lista de desejados.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  4. Olá, Nana.
    Eu amei esse livro. Vi algumas resenhas de muita gente não ter concordado com o final. Mas eu não sei não se estivesse no lugar. Acredito que não faria, mas não condeno.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Nana, tudo bom?
    Esse livro está na minha lista! Gosto desse tom mais pesado, com temas necessários hoje em dia.
    E a sombra da pessoa na capa realmente tem que prestar atenção, rs. Adoro as edições da Faro!
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. OI Nana! Este livro leva o leitor a refletir bastante sobre limites, certo e errado e o que de fato é a justiça. Eu fiquei bem impactada com a leitura. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi Nana, tudo bem?
    O título já despertou a minha curiosidade e pelos seus comentários a trama é bem elaborada e instigante. Dica anotada!!

    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá, sejam bem vindxs :D
Algumas observações
- Os comentários são moderados, conteúdo odioso ou preconceituoso não será aprovado;
- Comentários que não tenham relação com a postagem e estilo propaganda serão enviados para o spam
- Comentários que desprezam o texto da postagem não serão respondidos