Livro: Como Se Fosse Magia - Bianca Briones #TOCANDOAMOR

Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer. Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas. O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é. Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela. O que isso quer dizer? Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.
sim, o nome ele é Enzo...

Eva é uma escritora que preza o mundo fantástico. O mais recente volume de sua série de sucesso está prestes a ser lançado... Quando ela finalizar. Ha! Há um ano Eva está em confronto com este bloqueio criativo e sempre acaba cedendo à procrastinação. A escritora tem uma conexão intensa com seus personagens, mas parece que, desta vez, não estão a fim de ajudá-la a encerrar um mísero capítulo. O toque mágico é muito presente nesta narrativa, então o inesperado sempre estará à espreita de Eva.

Decidida a romper com o bloqueio, Eva passa a frequentar uma cafeteria acompanhada do primeiro volume de sua série. Ela acredita que ali está a resposta. A escritora também passa a ver e interagir com uma personagem misteriosa de cabelos coloridos. Em mais um dia de releitura, Eva testemunha um assalto quando está retornando para casa. Ao cair e bater a cabeça, a vítima perde a memória e mal recorda seu próprio nome. Mas Eva notou, e muito, o quanto ele lembra seu apaixonante protagonista: Enzo.

Notando mais semelhanças, Eva decide acompanhar toda recuperação do rapaz e o acolhe em sua casa. Inevitavelmente os sentimentos os traem, apesar da desconfiança de Enzo de que a autora já é comprometida. Mero erro que logo é resolvido. Thiago, melhor amigo e agente de Eva, tem outro tipo de interesse. Os dois são praticamente irmãos; salvaram um ao outro de suas famílias tóxicas. Com a chegada de Enzo, as conversas entre Eva e Thiago ficam ainda mais divertidas - mas também reflexivas.

Com tanta comparação, Enzo fica curioso com todo universo criado por Eva e simpatiza com a ideia de ser seu amado protagonista. Como pode um personagem de um livro se tornar real? Mas os amantes de um bom romance sabem: antes do felizes para sempre, há o quase lá. E Enzo está desmemoriado, certamente tem alguém procurando por ele e há uma vida - antes de Eva - o esperando. Será que haverá espaço pra ela?

"Não importa o tempo que passe, eu sempre voltarei para você".

Esta leitura chegou até a mim num momento pesado e me confortou o necessário. Toda escrita e composição causam certa nostalgia, pois lembram muito os clichês encontrados em boa parte de romances mais antigos e também - por que não? - das fanfics; o típico romance que prioriza a magia em torno das almas gêmeas. A doçura destacando-se a cada capítulo, despertando aquele sorriso bobo. Eva escreve fantasias, então a autora Bianca Briones aproveita para dar um pouco daquele toque de fantasia urbana...

Por aqui o leitor ~meio que~ irá encontrar duas histórias em uma, porque além do livro em si também acompanhamos a construção de Eva para a nova publicação. Ela revisita sua fantasia, sempre nos deixando a par de pontos importantes e as conexões com o Enzo real. Por isso que adoro livros com personagens escritores: a criatividade do autor não tem limites.

Como uma pessoa que ama criar e rabiscar histórias foi fácil se deliciar com as páginas de Como Se Fosse Magia. Falar e sonhar com os personagens é o de menos, quando você idealiza/cria um personagem tão apaixonante e quer agarrá-lo na vida real. Ha! Adorei o fato da autora ter conectado esse ponto com o bloqueio dela. Daí você pode cogitar um desenrolar simples, mas é um romance que destaca uma bela amizade, a falta de apoio familiar, superação, aceitação e o mais nítido - família é a gente quem escolhe.

"- Minha amiga, você não é louca. - Ele me deu um beijo estalado na bochecha. - Você é uma escritora. Não uma comum, daquelas que vemos aos montes por aí. Você é capaz de ver além do que vemos. Você vai além das palavras. Você tem um dom. É como se fosse magia. E nem todo mundo está preparado para ser preenchido com uma boa dose de magia."

O trio é o grande destaque. Eva, Enzo e Thiago tomam boa parte das cenas e rendem algumas situações bem divertidas. Enzo é adorável, presta atenção em cada detalhe das conversas que tem com Eva. Por outro lado, Thiago é aquele tipo de amigo espontâneo que todo leitor deseja ter, até a ponto de confiar sua vida profissional como Eva. Não há outros amigos, só os dois desde os tempos universitários. A troca entre eles é ótima de acompanhar e saudável. Uma pena que um pouco da paz se estraga pelo pai problemático de Thiago numa cena futura. Mas faz o leitor compreender que o lugar que ele escolheu é bem melhor.

A narrativa não é tão cheia, pois é uma história rápida e entrega o necessário. Bianca Briones sabe como nos laçar com sua escrita ágil, jovial e de boas referências - principalmente as musicais. O ponto negativo fica para o leitor que carece de um desenvolvimento além dos protagonistas, com coadjuvantes que possam marcar de alguma maneira o enredo. Também pontuo que toda questão da memória do Enzo poderia ter se resolvido um pouco antes, para conhecermos melhor seu "eu verdadeiro" e convidados. Uma narrativa ágil é algo muito bom, o grande público aprecia, mas é fácil cair na armadilha da metralhadora de informações que podem soar suficiente, mas não são.

Romance mais que recomendado para os amantes de um bom suspiro e bons sorrisos. É daquelas leituras para saborear em um dia e montar uma boa playlist. A conclusão é tudo e mais que a protagonista poderia sonhar. Contei que tem participação de dois gatinhos? Os pets de Eva são um show a parte por aqui. E preciso mencionar que a parte que o bloqueio dissipa é tãoooo fofa.

"Tem tanta verdade no que você escreveu em seu livro que a cada momento acredito mais que eu possa mesmo ter vindo de lá."

Edição lida em e-book. Foi minha primeira experiência de leitura com a autora e certamente voltarei ao seu catálogo. Adorei a diagramação, e-book bem organizado, com fontes atrativas. O único problema foram as trocas de mensagens, que estão em formato de imagem e em alguns momentos não se faz tão nítido. Ótima revisão, sem erros gritantes presentes. As músicas introduzem cada capítulo - estes bem curtos. A capa é adorável; lindas cores e design, dá pra admirar cada cantinho para encontrar os símbolos da trama.

Até o momento da publicação da postagem: e-book disponível no Kindle Unlimited (caso não esteja, você pode encontrar outros e-books do autor e editora disponíveis para emprestar)


Autora
: Bianca Briones
Origem: Literatura Brasileira
Recomendação do Canto: +14 anos
Editora: Gutenberg
ISBN 9788582353967
Publicação: 2016
Páginas: 208
Série: Não
O Que Tem? Gatíneos, Pinturas, Amizade, Cafeteria, Escritora, Desmemoriado, Metalinguagem

5 COMENTÁRIOS

  1. Que legal saber que a leitura foi como um abraço para você. Gosto de leituras que nos confortam e nos envolvem :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. oi
    a história desse livro é gostosinha e eu li alguns anos atrás, sempre é bom nos rendermos a uma leitura leve e que bom que chegou no momento que precisava de livros assim.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia esse livro mas parece uma história bem gostosinha de ler e acredito que consigamos tirar várias coisas bacanas dessa leitura.
    Dica anotada!
    Beijos.



    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Nana!
    Eu sou suspeita, qualquer coisa que a Briones escreva, eu estou lá no skoob marcando corações para todos os lados, kkkkkkk.
    Ela mexe demaaaaaaaaaaais comigo, meu favorito As Batidas Perdidas do Coração está no KU também. Super recomendo!
    beeeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Nana.
    Eu já li um livro da autora, mas não foi de romance. Esse enredo lembra muito um outro livro nacional que li e gostei bastante e por isso pode ser que eu me aventure nele. E adorei saber dos gatinhos porque são meus animais favoritos hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Olá, sejam bem vindxs :D
Algumas observações
- Os comentários são moderados, conteúdo odioso ou preconceituoso não será aprovado;
- Comentários que não tenham relação com a postagem e estilo propaganda serão enviados para o spam
- Comentários que desprezam o texto da postagem não serão respondidos