Filme: A Forma da Água (2017)

 
Década de 60. Em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, a muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer).

A Princess Without a Voice

Que coisa linda foi começar o ano assistindo esse filme, gente! Eu nem pedi mozão nas minhas resoluções do ano, mas Del Toro me presenteou com o Peixão/Amphibian Man. I am in love. Um filme altamente recomendado para quem tem Lua em signo de Água, rs. E vou ser sincera! Essa review não estará à altura da produção, mas o que vale é a intenção né?

Tão nindo ♥

Dirigido pelo mexicano Guillermo del Toro, de O Labirinto do Fauno, e também roteirizado por ele ao lado de Vanessa Taylor, de Game of Thrones, A Forma da Água nasceu de uma ideia que Del Toro vinha trabalhando há anos e foi se fermentando com ajuda de algumas inspirações como: a obra de Belyaev, O Anfíbio e claro, O Monstro da Lagoa Negra, película de 1954.

O drama com nuances de romance e fantasia nos apresenta Elisa Esposito, Sally Hawkins de Simplesmente Feliz, que por uma lesão que sofreu no pescoço quando era bebê, acabou muda e se comunica pela linguagem de sinais. Ela vive sozinha em um apartamento localizado acima de um cinema e trabalha como zeladora em um laboratório secreto do Governo, em Baltimore. A trama se passa durante a Guerra Fria, no início dos anos 60. Seus únicos amigos são Giles, Richard Jenkins da série Six Feet Under, e Zelda, Octavia Spencer de Histórias Cruzadas. No trabalho, é Zelda quem a ajuda se comunicar, sendo sua interprete e guia.

Voltando de viagem da América do Sul, o Coronel Richard Strickland, Michael Shannon de Animais Noturnos, trás uma criatura num tanque para o laboratório. Elisa fica curiosa e logo descobre se tratar de um anfíbio com similaridades humanas. Ela começa a visitá-lo e alimentá-lo em segredo, até que criam um vínculo. O problema são os testes no laboratório que resolvem explorar a criatura de várias maneiras, e Strickland, não mede esforços em demonstrar violência ao lidar com o anfíbio, o que lhe trás problemas quando ele o morde. Notando os planos para o futuro do Amphibian Man, Doug Jones de Hellboy, Elisa decide salvá-lo. Com isso, conta com ajuda de Giles, Zelda e o misterioso cientista Robert Hoffstetler, Michael Stuhlbarg de Me Chame Pelo Seu Nome.

Cada um com seu mozão, respeita o meu flw?

Depois que Elisa resgata a criatura, é quando o filme se torna ainda mais sensível e visualmente belo. Elisa o leva para seu apartamento, o coloca na banheira, cuida e o protege. E se torna inevitável uma aproximação maior. É, é isso mesmo que você está pensando... =x ANYWAY, óbvio que Strickland sabe que tem algo errado e de início suspeita das pessoas erradas. O cara é um perturbado, até os últimos minutos do filme. O romance me soa muito daquele tipo "save me" e eu gosto da maneira que foi desenvolvido. As cenas entre Elisa e a criatura são belas e algumas bem marcantes. A água é realmente fonte divina e poderosa.

Apesar de remeter às outras produções de Del Toro, pelo ar gótico e bélico, A Forma da Água tem seu próprio mérito. Com um bom elenco e um roteiro cheio de críticas sociais, firmando a época em que é retratado, trás certo incomodo pelas ações humanas sobre algo que acham inferior e vai além da interação com a criatura. Um exemplo, é um personagem que numa única cena consegue ser racista e homofóbico, o que trás certa ironia, já que dois dos personagens coadjuvantes, de grande destaque, são uma negra e um homossexual. O que também deixa claro, que mesmo com o tom romântico, o roteiro não floreia certas situações referentes à época.

Conhecemos perfeitamente qual o lugar, naquela época, que cada personagem pertencia, então, as figuras de autoridades não são amigáveis. Eu adoro o trabalho do Michael Shannon porque os personagens dele são muito ame ou odeie, não existe um meio-termo e Strickland pode até se demonstrar gentil com Elisa e Zelda, de vez em quando, mas não se engane. Já Sally, faz um trabalho apaixonante com sua Elisa. Ela deixava de aparecer uns minutinhos e eu já sentia falta, de tão adorável e destemida, que moça é em cena. E junto com Octavia, trás até certo alívio cômico. Zelda fala e muito nos momentos iniciais.

Sally e Octavia, ambas indicadas ao Oscar por A Forma da Água

Como mencionei, o filme é visualmente belo. Minhas cenas favoritas são aquelas com a água presente: a inicial, a cena do banheiro e a final. Juntando com a trilha instrumental do francês Alexandre Desplat, fica ainda mais adorável e delicado. O "A Princess Without a Voice" que meio que defini no início, é o título de uma das instrumentais. Não poderia resumir melhor. A produção também é repleta de referências culturais da época, principalmente musicais. Tanto que há uma cena de Elisa e a criatura performando. Lindo!

Deixe-se encantar pelo Amphibian Man e deixe seu coração fazer Chica Chica Boom Chic! pelo peixão. Sim, temos Carmem Miranda na trilha sonora! E olha, não vou estranhar se começarem a surgir romances sobrenaturais envolvendo humanas e mozões marinhos por aí...HAHA! Pois é...

via Twitter: @KGishFish




Título Original: The Shape of Water
Nacionalidade: Americana / Canadense
Direção: Guillermo del Toro
Roteiro: Guillermo del Toro e Vanessa Taylor
Roteiro Adaptado?: Não
Ano: 2017
Censura: 16 anos
Duração: 123min
O Que Assistirei?: Drama, Fantasia, Romance, Violência e Nudez
Elenco Principal: Sally Hawkins, Doug Jones, Michael Sthulbarg, Michael Shannon, Octavia Spencer, Lauren Lee Smith, Richard Jenkins, entre outros.
Trilha SonoraIMDB

27 COMENTÁRIOS

  1. Eu assisti e adorei! Acho que A Forma da Água tem grandes chances que ganhar alguns Oscars na cerimônia. Eu estou torcendo fortemente para o Del Toro ganhar o prêmio de Melhor Diretor, depois de todos esses anos, acho que ele merece =D

    ResponderExcluir
  2. Oi Nana, tudo bom?
    Eu tô MORRENDO POR ESSE FILME. Del Toro é meu diretor favorito da vida e todos os elogios que estão soltando sobre a obra só me deixam mais KIANSOFUSABOUGABO
    Parece perfeito, como tudo que ele faz. Sensível e único. Tô preparadíssima pra ver na telona *-*

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi! Que tal?,
    Gostei dá entrada, foi ótimo.
    Acabei para seguir seu blog, você me seguiria de volta?...

    Um abraço.
    Obsesión por la lectura

    ResponderExcluir
  4. Olá Nana, tudo bem?
    Eu estou ansiando por esse filme, como anseio por oxigênio, e sua resenha me deixou mal por eu ainda não ter assistido!
    Amei a resenha!

    Estante Clássica

    ResponderExcluir
  5. Achei lindo também! Todo o visual, as atuações, tudo muito lindo e bem feito.
    Me lembrou bastante o estilo de O labirinto do fauno, mas com uma história parecida com A bela e a fera (ou Monstro do Pântano, acho que faz mais o tipo hahaha).
    Espero que ganhe vários Oscars, estarei torcendo por ele =D

    Beijão!
    http://atocadalebre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Aiii que tudo! Eu amooo as produçoes do del toro e essa com certeza iria me fazer ficar apaixonada também! Menina... que filme bafonico! As suas resenhas tem um humor ácido que as tronam as melhores.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  7. Será dos próximos filmes que quero ver, parece ter uns efeitos e fotografia maravilhosos :)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  8. Oi Nana, vou assistir na segunda-feira, estou super animada. Adorei a resenha! Um beijo :*

    ResponderExcluir
  9. Olá, Nana.
    Eu fiquei sabendo desse filme quando vi o nome nos indicados para o Oscar. E agora lendo seus comentários me interessei muito em assistir. Achei bem diferente do que tem por ai e pelo jeito é emocionante.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oie Nana =)

    Fiquei conhecendo o filme por conta da indicação dele ao Oscar. Achei a temática interessante e ao mesmo tempo bonita. Fiquei com vontade de assistir.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library

    ResponderExcluir
  11. ESSA TIRINHA HAHAHAHAHA morri. Ainda não vi esse filme, mas vi alguém recomendando ontem mesmo nos stories e agora vejo esse post... seria um sinal? Acho que sim, hein. Não fazia ideia do que se tratava a história, e sendo bem sincera, não me chamou taaaanta atenção, mas com tantos elogios é impossível não rolar uma vontade de assistir. Vou tentar ver quando puder!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  12. Oi Nana, lá no blog quem viu foi a Rafaela e ela ficou encantada! Eu adoro uma história de amor proibido e Del Toro é incrível, quero conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Oi Nana! Eu vi o trailer e não senti nada demais na produção, mas com a quantidade de indicações que teve para o Oscar, com certeza deve ter algo especial na trama e pela sua resenha parece ser muito bom. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  14. Oi, Nana

    Mulher, eu não sei o que pensar. Eu achei o trailer bem bizarro e tenho até um amigo que fala que esse filme é uma apologia à zoofilia! Hahahahah
    Confesso que acho a proposta bem bizarra e que ela me causa certo incômodo, mas agora depois dessa review eu não sei o que pensar!
    Fiquei meio sem entender nada, será que estou sendo conservadora demais? Não que eu ache de fato que seja apologia a qualquer coisa, mas é uma criatura e uma humana... lembrei do discurso do diretor no Golden Globes agradecendo aos monstros que o salvaram e que ele ama monstros e tal... só que não vejo sentido. Mas é pra ter sentido? Olha a confusão! Hahahahahahaha

    Beijocas
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Nana,
    Estou doidaaaaaaaaa para ver esse filme, ou ler o livro. Não sei o que vou conseguir primeiro.
    Parece ótimo e agora com a indicação ao Oscar... QUERO!!!
    Obrigada por contribuir com minha ansiedade, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi, Nana!

    Primeiramente, adorei a tirinha HAHAHAH bom demaaaaaaaaaaaaaaaaais!!!
    Segundo, ainda bem que você resenhou esse filme, eu tava um tanto quanto em dúvida sobre assistir ou não. Me parecia um pouco surreal o romance, mas aí com essa tirinha a gente se toca que se com vampiro pode rolar amor, porque com outros seres não poderia também? hahahah agora depois de todos os elogiosquero muito assistir!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Nana!
    Sabe que eu não dei nada por esse filme logo que ouvi falar nele? Mas tenho visto tantos comentários sobre como ele é lindo que agora estou super curiosa de assistir. Além de tudo, parece ser aquele tipo de produção que enche os olhos, né?
    Beijos,
    Alem da Contracapa

    ResponderExcluir
  18. Oi Nana, adorei a dica!
    Ainda não conhecia o filme mas fiquei bem curiosa com o enredo e bastante curiosa, adorei a dica e já vou procurar pra assistir.
    beijos bom final de semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oii Nana, eu tô super curiosa para assistir ao filme,achei bem diferente a premissa e quero saber no que vai dar tudo isso.
    - beijos , Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi
    esse é um filme que estão todos falando bem e eu nutro uma curiosidade em assistir, pois o enredo chamou bastante a minha atenção, fora que parece ter uma ótima qualidade, que bom que curtiu.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Olá Nana,

    Eu quero muito assistir esse filme parece incrível, os efeitos especiais estão demais, mas quero muito mais ler o livro....ótima dica....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Esse filme parece ser muito bom mesmo! Acho que gostaria muito de assistir um dia, mas agora minha vibe pra filme tá sendo bem comédia romântica haha

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  23. Oi Nana, tudo bem?
    Achei ótima a tirinha no final hahaha!
    Gostei muito da dica, estou louca pra conferir esse filme. Só não vi ainda por temer um final triste. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  24. Nana, eu amo suas resenhas. Vc escreve maravilhosamente bem!Eu, que já estava louca por A Forma da Água, agora estou DESESPERADA PRA VER (já tá aqui no meu pc na verdade... vou ver pra ontem!)
    Gostei desse filme de cara qnd vi o trailer (adoro a Sally) e desde então fiquei ansiosa. Quando meu amigo disse que é "muito amorzinho" eu fiquei tipo... "WTF?" pq apesar de saber o que esperar em momento algum eu imaginei shippar esse casal kkkk Mas ele me falou que quando eu assistir é isso que vai acontecer. Pelo jeito aconteceu com vc tb, né? kkkk
    Não vejo a hora de assistir. Dps conto se gostei! Bjss

    http://www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  25. Nana ,tudo bom??
    Que saudade de você meu bem <3
    Todo mundo já ta falando desse filme e nem estreou na minha cidade ainda rsrsrs mas to querendo conferir ... Parece ser o tipo de filme que vale a pena no cinema, acabei de ver o trailer também
    Vamos ver quem sabe, vou tentar chamar os migo rsrs

    simmmm!
    Foi uma das coisas mais maravilhosas desse ano, sabe? Adorei! Espero que consiga ir no próximo ano! A produção tava sim <3 *-* e o teatro era lindo demais!

    P.S.: SIMMMMMMM
    !!!
    mt mozao hahahahah
    nem me fale!
    Nana me de uma dica de app dahora pra celular? que nao pode faltar?Skoob?

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  26. esse filme é simplesmente maravilhoso <3 eu fiquei tão feliz com todas as indicações ao oscar, to torcendo demais pra levar pelo menos 5 <3 Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  27. Era uma história linda, cheia de metáforas e bem dirigida. O trabalho de Michael Shannon parecia impecável, ele fez um vilão que funcionou perfeitamente dentro do filme. Ele fará um ótimo trabalho em seu novo filme. Na minha opinião, Fahrenheit 451 será um dos mehores filmes baseados em livros de este ano. O ritmo do livro é é bom e consegue nos prender desde o princípio. O filme vai superar minhas expectativas. Além, acho que a sua participação neste filme realmente vai ajudar ao desenvolvimento da história.

    ResponderExcluir

Olá, sejam bem vindxs :D
Algumas observações
- Os comentários são moderados, conteúdo odioso ou preconceituoso não será aprovado;
- Comentários que não tenham relação com a postagem e estilo propaganda serão enviados para o spam
- Comentários que desprezam o texto da postagem não serão respondidos