Filme: Roma (2018)

Cidade do México, 1970. A rotina de uma família de classe média é controlada de maneira silenciosa por uma mulher (Yalitza Aparicio), que trabalha como babá e empregada doméstica. Durante um ano, diversos acontecimentos inesperados começam a afetar a vida de todos os moradores da casa, dando origem a uma série de mudanças, coletivas e pessoais.
Quem imaginaria que em pleno 2019, teríamos dois filmes em preto e branco (o outro é Guerra Fria) em meio a temporada de premiações. Interessante, e ao meu ver, muito elegante. Vocês sabiam que A Favorita também seria em preto e branco?

Filme ganhador do Leão de Ouro no Festival de Veneza, vamos dizer que Roma é outra tretinha da Award 2019, pelo fato do preconceito de alguns críticos e votantes com a produção, por ela ser distribuída pela Netflix. Há ainda muita discussão, sobre ser justo incluir filmes do streaming nas grandes premiações de cinema. Essa semana vazou que um votante da categoria de Edição, se recusou a assistir Roma para a votar.

Situado em Roma ou Colonia Roma - um vilarejo mexicano - no início dos anos 70, o filme nos apresenta Cleodegaria Gutiérrez, ou simplesmente Cleo, a estreante Yalitza Aparício, uma empregada doméstica - e também babá - de uma família de classe média. A casa é preenchida por quatro filhos, os pais, a avó e o cachorro. Há uma outra empregada, que vive na casa junto com Cleo. Cuarón nos mostra como os laços da família se amarram aos de Cleo, conforme todos os dramas são apresentados.

A atriz estreante Yalitza Aparicio interpreta Cleo

Percebemos que o casal, Sr. Antonio e Sra. Sofía, Marina de Tavira vista na série Falco, estão passando por problemas no casamento. Enquanto a matriarca lida com a inevitável separação, Cleo cuida das crianças e há uma ligação adorável, principalmente com o mais novo, Pepe, o estreante Marco Graf. Sofía deseja preservar as informações lastimáveis das crianças, mas nem sempre consegue conter parte dos sentimentos.

Após uma ida ao cinema, com então namorado Fermín, Jorge Antonio Guerrero visto na série Luis Miguel, Cleo desconfia estar grávida. Ele é obcecado por artes marciais e há algo ainda mais violento em sua personalidade. Após contar suas dúvidas a ele, Cleo é abandonada em plena sessão. Ao receber a notícia, Sofía decide ajudá-la e a leva para ser atendida no hospital aonde Antonio, o estreante Fernando Grediaga, trabalha. E após se confirmar a gravidez, Sofía leva Cleo e as crianças para passar o Ano Novo em uma fazenda. Cleo sempre foi considerada da família, mas nota-se que há uma aproximação ainda maior e mais sentimental.

Após voltar a cidade, as duas mulheres precisam confrontar suas dores. Sofía percebe que Antonio seguiu em frente e ela, não pode continuar escondendo o problema de seus filhos. Para Cleo, resta receber as ofensas de Fermín. Apesar de todo suporte que recebe de Sofía e da mãe dela, Sra. Teresaa também estreante Verónica García, falta algo para completar Cleo e somar com a ideia de ter um filho.

A família de Sofía

Roma é uma produção muito intimista. Acredito que desde suas primeiras cenas, já dá pra sentir todo sentimentalismo e um olhar mais íntimo do diretor. Além da direção, Alfonso Cuarón, vencendor do Oscar por Gravidade, trabalhou no roteiro, produção, fotografia e parte da edição. E ele não nega que há muito de sua infância na trama. Toda história de Cleo é uma homenagem a moça que fora sua babá. O personagem Paco, interpretado pelo estreante Carlos Peralta, tem seus moldes.

A grande surpresa fica por conta da estreante Yalitza Aparicio, que faz um ótimo trabalho, mantendo uma química interessante com o elenco, principalmente com as crianças. Razão da cena da praia chegar ao ponto que promete. São quatro filhos, e inevitável que um deles fique mais apagadinho. Acredito que por ser mais novo, Pepe conquiste por um tom a mais de fofurice. A outra indicada ao Oscar, Marina de Tavira, também nos apresenta um ótimo trabalho com sua Sofía. Contudo, o relacionamento entre ela e Cleo parece faltar algo. Imaginei algo bem mais forte, principalmente nos diálogos entre elas.

Assim como algumas pessoas, também acabei por conectar Roma com Que Horas Ela Volta?, filme nacional protagonizado pela Regina Casé. É triste sim, que o alvoroço não tenha sido o mesmo. Ambos são boas produções que trazem críticas importantes, independente da época que se passam. Apesar que Roma não é tão moralista. Cuarón preferiu um tom mais familiar e harmonioso. O público sempre vai preferir o tom mais feliz. Enquanto Que Horas Ela Volta? tem sua analogia com o conjunto de xícaras, Roma tem a sua com o carro do casal que não se "ajusta" na garagem.

Cleo e Pepe

A famosa cena da praia nos trás um momento tocante entre a família e Cleo. Não foi de tanta emoção da minha parte, mas é um momento muito bonito, apesar das circunstâncias. Por outro lado, o arco entre Cleo e Fermín me perturbou mais, pelos confrontos do casal e o destino de tudo. Muito real, difícil não imaginar quantas "Cleos" passam pelo mesmo, e até por tratamentos piores de homens com os quais se relacionaram, e foram confrontados por uma gravidez.

Difícil não sentir toda paixão de Cuarón neste filme. A maneira como ele apresenta o cenário, com a câmera acompanhando Cleo pela casa. A fotografia que deixa o filme elegante, com uma boa luz. São lentes que amam sua protagonista. Eu não aprecio filmes em preto e branco com tons mais escuros, então é uma lindeza como toda imagem é tratada por aqui.

E gente, eu assisto filmes latinos procurando gente de novela mexicana do SBT, vocês também?



Título Original: Roma
Nacionalidade: Mexicana
Direção: Alfonso Cuarón
Roteiro: Alfonso Cuarón
Roteiro Adaptado?: Não
Ano: 2018
Censura: 14 anos
Duração: 135min
O Que Assistirei?: Drama
Elenco Principal: Yalitza Aparicio, Marina de Tavira, Jorge Antonio Guerrero, Marco Graf, Daniela Demesa, Carlos Peralta, Diego Cortina Autrey, Verónica García, entre outros.
Trilha SonoraIMDB
Prêmios/Indicações: INDICADO A 10 OSCARS. Clique aqui e confira indicações e premiações.

13 COMENTÁRIOS

  1. Também assisti! Achei muito bom e acredito que irá ganhar de Melhor Filme, mas não é o meu favorito. Gostaria muito que Infiltrado na Klan ganhasse alguma categoria importante =D

    ResponderExcluir
  2. Oi Nana,
    SIIIM, eu também procuro! HAHAHAH
    Ainda não assisti Roma e confesso que achei que era só a foto em preto e branco, mas o filme todo seria uma experiência bem diferente para mim. E também acho elegante.
    Como o Oscar é hoje, vou tentar ver depois do The Voice, rs.
    beeeeijos
    estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que filme lindo! Ouvi algumas críticas, mas ainda não tinha parado para ler nada sobre ele. Gosto de dramas que são bem construídos e que conseguem explorar a característica intimista, de forma artística. Não gosto de drama, só por drama. Se for pra chorar, que seja por algo realmente bom. hahaha E pelo que você descreveu, o filme parece ser bem construído. Vou procurar para ver.
    Obrigada pela sua resenha e crítica!
    Beijos!
    "Borboletra""Instagram"

    ResponderExcluir
  4. Oi Nana! Esta indicação vem causando polêmica por ter sido de streaming. Estou curiosa para saber se vai ganhar muitos prêmios, se ganhar será uma reviravolta. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. "eu assisto filmes latinos procurando gente de novela mexicana do SBT, vocês também?" HAHAHAHAHAH, claro!
    Que bom que o preto e branco funcionou nesse filme.
    Te confesso que não sei se curtiria ver Roma, mas acho uma palhaçada deixar de fora os filmes da Netflix das premiações!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana!
    Eu nao vi esse filme e nao creio que va ve. Li algumas criticas e sinceramente não é o tipo de coisa que eu assista. Provavelmente nao funcionaria comigo.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nana!

    Não sei se o filme me agradaria muito, mas andei vendo muitos comentários positivos, e o diferencial de ser em preto e branco também é bem legal. E você já encontrou algum ator de novela mexicana nos filmes? Hahahaha

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHA alguns!
      Tem o Seu Barriga, do Chaves, em O Orfanato, por exemplo.

      Excluir
  8. Eu acabei de ler uma resenha sobre esse filme, e só tinha comentários positivos sobre tudo, tempo, cenário, história e personagens, eu estou muito afim de assistir e conferir se é realmente bom como todos estão dizendo. Parabens pela a resenha, ficou maravilhosa.

    https://www.dosedeestrela.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu estou numa fase em que ninguém poderia me forçar a assistir um drama. Isso é bem irônico porque na verdade eu sempre gostei de dramas, mas eu acho que eu estou me sentindo vulnerável e não quero engatilhar nenhum período de miséria.

    Tem um cantor chamado Tablo que disse uma vez que a razão de fotografias preto e branco parecerem tão reais é porque o mundo está perdendo sua cor. Eu concordo. Como eu sou uma pessoa muito visual, eu não trocaria as cores por nada exceto se realmente não existisse uma opção melhor. Mas acho que isso combina com drama, não é mesmo?

    Beijos :*
    https://marianawithacamera.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Nana.
    Como não sou muito de assistir filmes, não tenho o hábito de acompanhar as premiações. Mas o povo fala tanto nas redes sociais que fica quase impossível de não ficar por dentro hehe, e vi que esse filme era um grande favorito ao premio de melhor filme. Acho interessante ele ser em preto e branco, mas confesso não gosto muito hehe. Por isso não sei se assistiria.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Que resenha incrível e original. Gostei muito de como você falou do longa, embora não tenha gostado tanto dele.
    Bom feriado!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Voltamos do hiatus com bons conteúdos.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  12. Eu não assisti ainda, acredita?
    Mesmo assim fiquei bem feliz por ter ganho o Oscar. Gostei da sua análise e fiquei ainda mais curioso para assistir e ter as minhas conclusões. Depois eu volto pra dizer o que achei, hah

    Abraços,
    Bananices

    ResponderExcluir

Olá, sejam bem vindxs :D
Algumas observações:
- Os comentários são moderados, conteúdo odioso ou preconceituoso não será aprovado;
- Comentários que não tenham relação com a postagem e estilo propaganda serão enviados para o spam;
- Comentários que desprezam o texto da postagem não serão respondidos.