Filme: A Hora da Sua Morte (2019)

Uma jovem enfermeira baixa um aplicativo que promete prever o momento e a data da morte das pessoas. Quando o aplicativo indica que ela tem três dias de vida restantes, a enfermeira luta por sua sobrevivência ao mesmo tempo em que enfrenta uma misteriosa criatura que a assombra.
Se esse aplicativo se infiltrasse no meu celular, com certeza iria barrá-lo por falta de espaço. Ha!

Neste terror, dirigido e roteirizado por Justin Dec, e marcando a estreia dele nas telonas, vamos conhecer mais uma tentativa cinematográfica de nos manter longe das redes: o app Countdown. E, também, confirmar ainda mais que ninguém lê os termos de uso de nada que usa online. Ha!

Na introdução conhecemos um grupo de adolescentes que resolvem usar o aplicativo. Para uma delas o programa gera mais três horas de vida. A hora da morte já estava planejada, cheia de detalhes, só que a garota quebra o protocolo de uso - sem saber - optando por outro caminho. Mesmo assim, quando o contador zera, ela morre. Evan - o namorado - acaba por ser o sobrevivente daquela noite.

Quinn Harris, Elizabeth Lail vista na série You, é uma enfermeira que trabalha no hospital onde Evan, Dillon Lane visto na série Here and Now, está internado. Não demora até que o rapaz confidencie suas preocupações em relação ao aplicativo, pois está alarmado com uma possível morte durante a cirurgia. Quinn se rende a curiosidade e decide baixá-lo. Assim também fazem alguns de seus colegas no hospital. Ela totaliza só três dias de vida. Descrente, ignora a contagem.

Conforme as mortes acontecem, vamos descobrir que não há nenhum ser humano por trás de toda artimanha envolvendo o aplicativo. É uma figura misteriosa, que pode transformar-se em qualquer coisa, principalmente se as regras forem quebradas. Então Quinn decide iniciar uma investigação, descobrindo similaridades entre os usuários antigos do Countdown, e logo a bendita mensagem da quebra de protocolo aparece. A situação piora quando a irmã dela, Talitha Bateman vista em Annabelle 2, também decide instalar o aplicativo.

No meio de todo esse auê, o roteiro decide que o filme é um terror feminista, levando a protagonista lidar com assédio no ambiente de trabalho. Só que é muito mal construído e, sinceramente, não encaixa em nada com o que é proposto no argumento principal. Soa que está ali apenas para agradar a crítica moderna.

Você lê os Termos de Uso?

Que saudade dos filmes de terror da "minha época". Terror slasher era terror slasher; não pra gente anti-sangue. Agora parecem que são feitos para pessoas medrosas, ou visando na arrecadação da bilheteria, dai colocam a censura baixa e parte da graça se vai na edição final. Com toda essa premissa é de se acreditar que mais personagens encontrarão a contagem zerada, mas nada tão corajoso segue o fio. Mencionei que os colegas de trabalho da Quinn acabam por instalar o Countdown... me senti altamente tapeada. A cena inicial é a típica enganadora dos filmes atuais do gênero, afim de alimentar a maldita expectativa.

A família de Quinn ainda está lidando com a perda da matriarca. A partida provocou certa desunião entre as irmãs e o emocional do pai não é mais o mesmo. A irmã é aquela adolescente rainha da discórdia, então nem se impressione quando ela baixar o aplicativo e o filme tomar um rumo super inspirado no filme Slender Man - como se esse fosse grandes coisas -, mas acaba na opção do final mais ameno.

A investigação de Quinn apresenta novos coadjuvantes na história, em especial o jovem Matt Monroe, Jordan Calloway visto nas séries Raio Negro e Riverdale, que perdeu o irmão para o aplicativo. Esses dois fazem umas burradas... Que olha! A pior delas é ter seguido a ideia do cara da loja de celular, porque óbvio não ia dar certo. E acredito que nessa parte a trama tenha perdido meu respeito também. Além de ser nítido os pontos mal construídos - e personagens - que parecem estar ali apenas para agradar, novamente, a crítica moderna, mas acabam caindo no esteriótipo de sempre do gênero.

Outro ponto que pode desapontar é o background do aplicativo. Não há nada tão significante sobre a criação ou quem está por trás. E nem tem graça chegar aqui e fazer textão que a coisa é super mal explorada, daí eles inventam mais filmes com a desculpa de explicar. Ha! Eu nem estranharia, já que a moda agora é essa. Pelo menos tentam abordar sobre a origem da figura sanguinária, o que já preenche certo vazio.

Elizabeth Lail interpreta a protagonista Quinn

A Hora da Sua Morte é daquelas produções feitas para protagonista brilhar. Parte dos coadjuvantes nem chamam muito atenção pelo tempo limitado em cena. Desde que "descobri" Elizabeh Lail na série Once Upon a Time - pra quem não lembra, ela participou do arco de Frozen - simpatizei bastante com a moça e tento acompanhar mais de sua carreira. Ela tem uma ótima postura em cena, mas a personagem merecia mais. Já Peter Facinelli - nosso eterno Carlisle da saga Crepúsculo - interpreta o embuste assediador que é lindamente sabotado pelo roteiro no confronto final.

Entretanto, o filme firma-se ao nos instigar na teia do aplicativo; difícil não querer saber aonde dará ao fim da contagem e qual ideia mirabolante irá resultar na sobrevivência da heroína. Não vou negar que a ideia ainda não está tão mastigada, então o ar "novidade" ajuda criar o interesse em seguir até o fim. O final, claro, deixa aquela abertura para uma possível continuação. E, desculpem, mas eu ri da cena dos créditos.

Peter Facinelli - dito Carlisle Cullen - interpreta ~o outro~ vilão do filme
Maldito ganhou 57 anos de vida no app

Como mencionado é a estreia de Justin na tela grande. Ele é conhecido por alguns curtas, e trabalhos como extra. Alguns caminhos para o jump scare são bem clichês. Alguns deles, aliás, bem capaz dos mais assíduos adivinharem antes da cena acontecer. Apesar das ressalvas com o roteiro, estou no aguardo de suas futuras novidades. No geral não foi uma experiência tão regular.


Título Original: Countdown
Nacionalidade: Americana
Produção de: STX, Boies/Schiller e Wrigley
DireçãoJustin Dec
Roteiro: Justin Dec
Roteiro Adaptado? Não
Ano: 2019
Censura: 14 anos
Duração: 90min
O Que Assistirei? Terror Slasher, Aplicativo Assassino, Embuste
Elenco Principal: Elizabeth Lail, Jordan Calloway, Peter Facinelli, Talitha Bateman, Tichina Arnold, Tom Segura, P.J. Byrne, Dillon Lane, entre outros.
Trilha SonoraClique aqui
Prêmios/Indicações: ?

Nana Barcellos

18 comentários:

  1. Ahahah, identifiquei-me tanto com o que disseste, também saía do meu tele por falta de memória xD.
    Fiquei um pouco curiosa, não fosse eu também uma enfermeira como a personagem xD.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderExcluir
  2. Olá, Nana.
    Eu confesso nunca leio os termos de uso nem online nem nenhum para falar a verdade hehe. Achei o enredo interessante e acho que assistiria só para ver no que dá, mesmo com suas criticas negativas a ele hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi Nana! Eu assistiria, a premissa me deixou curiosa e gostaria de saber o que aconteceu no final. Nunca tinha ouvido falar deste filme. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Fiquei com zero vontade de assistir a esse filme, juro rsrs
    Gosto de terror mais trash ou que me faça tremer de medo mas está cada vez mais difícil de encontrar obras de qualidade nesse gênero. Não sei se ele já deu o que tinha que dar ou se é justamente uma vontade dos estúdios de agradarem 'anti-sangue' como tu mesma disse rs

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  5. Eu não sou muito fã de filmes de terror, morro de medo de andar pela casa depois. Mas essa premissa parece bem interessante, os atores eu conheço e tem uma atuação impecável. Quem sabe não dou uma chance em alguma festa do pijama hahaha?

    Fora do Contexto

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana, tudo bem? Eu ri demais nesse filme, eu gostei da ideia, embora realmente o roteiro seja fraco, mas achei bem divertido rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. vi hoje o trailer desse filme e achei esse tema interessante já que a gente tem app pra tudo hj em dia, mas acredito mesmo que seja meio fraquinho

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  8. Oi Nana,
    Realmente, a falta de espaço no celular seria um enredo mais verossímil para o filme kkkkkkkkkkkkk
    Confesso que não seria o meu tipo de filme, ainda mais por ter a Beck de You, peguei um pouco de ranço dos atores dessa série. Desculpe! rs
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oii Nana

    Achei a idéia toda de ser através do aplicativo original até certo ponto mas realmente esse terror de hj é bem diferente daquele terror anos 90 que deixava a gente com medo de dormir ...haha, pelo menos eu assistia na teimosia e depois ficava com medo...rsrs.
    Pena que o filme é pra lá de mediano, poderia ser tão legal pela premissa...

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  10. Eu lembro de ver o trailer desse filme, realmente a proposta é nova e criativa até algum ponto mas o enredo e a abordagem da história fica um pouco vazia as vezes... não sei se assistiria. Recentemente fui ver Maria e João no cinema e senti essa mesma sensação!
    Beijoo

    Primavera Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  11. Oi, Nana

    Não, eu nunca leio os termos de uso. Só leio algo quando tenho que botar dados bancários e olhe lá. Hahahaha
    A Elizabeth é bonita, né? Ô bicha nojenta! Hahahaha
    Então, eu assisti ao trailer há um tempinho e pensei "cara, se tu viu A Morte Te Dá Parabéns", pq tu não vai ver um filme de um aplicativo do mal? Hahahaha
    Realmente dá saudade dos filmes de terror de antigamente, hoje em dia eu morro de preguiça e vou assistir mais pra falar mal mesmo, se eu gostar é lucro. E quanto ao terror feminista... BERRO! Hahahahahahha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  12. OI Nana, eu sou muito medrosa com filme de terror, mas até assisto alguns. Não sei se conseguiria assistir esse, apesar da curiosidade para saber o final dessa contagem regressiva. Realmente não leio os termos de uso, mas acho que esse app não entraria na minha lista. Ia ter muito medo dele. kkk
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
  13. Oi, Nana!

    Acho que apesar do trailer ser bacana, já era esperado que não fosse uma produção mega complexa e bem feita, mas ainda assim, eu quero assistir simm!! Acho que vou fazer isso na quarta-feira mesmo inclusive hahah até mesmo por conta dos atores, a Becky de You perdida aí, o sr. Cullen kkkk mas sim, saudades mesmo dos filmes de terror sanguinários e antigos, os atuais além de não provocarem medo algum, são bobinhos e sem pé nem cabeça :((

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Ainda não conhecia o filme, mas adorei a ideia da trama. Nem lembrava da atriz em Once Upn a Time, mas quando mencionou pude reconhecer. Também gostei bastante dela lá.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  15. Oi
    não é um tipo de filme que eu gosto de assistir, inicialmente pelo que vi na resenha parece mais um filme de suspense do que terror, pena que teve fatores que não curtiu.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Ai eu fiquei muito na duvida hahah tava querendo ver um filme no cinema, não vi esse ainda, mas parece mais pra descontrair. Queria assistir homem invisível também deve ser muito bommm aaaaa. Adorei o post amor!! Vou dar uma chance hahahha

    Deetz Blog

    ResponderExcluir
  17. Ahhh, eu vi o trailer do filme na TV e achei super interessante (mesmo não sendo muito o meu estilo). Fiquei curiosa na época, e agora desanimei um pouco ao saber que ele deixa a desejar. Talvez eu assista algum dia, mas não é prioridade não, já que minha lista de filmes e séries pra assistir não tem fim, kkkkkkk

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir
  18. Oi Nana!
    Ainda vou assistir esse filme, mas sem muitas expectativas. Realmente n se fazem mais filmes de terror como antigamente!
    Eu nunca leio termos de uso kkkkk
    E meu celular tbm diria "falta de espaço pra instalar" kkkkk
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão enviados para o spam.
- Comentários irrelevantes como: estilo copy+cola, desprezando o conteúdo da postagem, 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, não serão respondidos, e dependendo, serão enviados para o spam também.